PRÓ-TV

A história da RBS TV



O embrião da Rede Brasil Sul de Comunicações surgiu em 31/08/57, quando Maurício Sirotsky Sobrinho associou-se à Rádio Sociedade Gaúcha de Porto Alegre. Cinco anos depois, o empresário se uniria a Frederico Arnaldo Ballvé e Nestor Rizzo para fundar a TV Gaúcha. O Presidente da República, João Goulart, ao lado do governador do Rio Grande do Sul, Leonel Brizola, foi convidado para inaugurar a emissora em 29/12/62, às 19h.

Adotando o slogan “A imagem viva do Rio Grande”, o canal 12 tinha toda sua programação voltada para o interesse da comunidade gaúcha. Maurício Sirotsky deixou a direção da estação em 1967. Dois anos depois, finalmente adquiriu os 50% restantes da Rádio e TV Gaúcha, graças à colaboração de seu irmão Jayme Sirotsky e de Fernando Ernesto Corrêa. No Brasil, a TV Gaúcha foi a 1ª emissora a interligar várias estações no interior do Estado. Começava a se formar a 1ª rede regional de televisão no Brasil, futura RBS-TV. Ainda em 1969, a TV Gaúcha desfez sua parceria com a TV Excelsior e filiou-se à TV Globo, porém manteve uma produção própria e intensa. O complexo de comunicação RBS foi formado efetivamente em 1970, quando Sirotsky adquiriu o controle acionário do jornal Zero Hora. Oferecendo apoio técnico, a TV Gaúcha também estava presente no 1° teste oficial de tv colorida no país, em 19/02/72, em Caxias do Sul.

Em 01/05/79 foi inaugurada a TV Catarinense (RBS TV Florianópolis), marcando a entrada do Grupo em Santa Catarina. Nesta época, o nome TV Gaúcha foi gradualmente substituido por RBS, sendo o exemplo mais bem sucedido de rede regional – nos anos 90 já interligava 12 emissoras gaúchas e 5 catarinenses. Em sua programação, a permanente preocupação em divulgar os assuntos e atividades locais, integrando as comunidades e preservando a identidade cultural do sul do país. Ao mesmo tempo, era oferecida boa parte da programação da TV Globo, com pequenas adaptações: a RBS chegou a produzir, por exemplo, um segmento local dentro dos programas “Fantástico” e “TV Mulher”, que a Globo exibia em rede nacional. A RBS abriu uma gravadora em 1983, para lançar discos de artistas regionais como Renato Borghetti.

Em 1991, em parceria com a Globosat, foi criada a Horizonte Sul (futura Net Sul) – rede de tv por assinatura que em pouco tempo já alcançava os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná. Em 1995 entrou no ar em UHF pelo canal 36 a TV da Comunidade – TVCOM, com produção local e programação dirigida para a capital gaúcha. A RBS e a Globosat também lançaram em 26/09/96 o Canal Rural – um projeto pioneiro nas Américas, com programação totalmente voltada para a agropecuária. Sob o comando do filho de Maurício – Nelson Sirotsky – a RBS continuou prosperando nos meios de comunicação.

Crédito obrigatório: Texto retirado do “Almanaque da TV – 50 Anos de Memória e Informação”, Ricardo Xavier (Ed. Objetiva, 2000), com autorização do autor.

Elmo Francfort

O autor é Gestor de Conteúdo da PRÓ-TV, além de consultor de televisão, na área de pesquisa e teledramaturgia. Faz parte da associação desde 2001. Já escreveu inúmeros livros sobre a história da televisão brasileira, sua área de especialidade.

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais