PRÓ-TV

Joana Fomm completa 57 anos de carreira



Uma das mais premiadas atrizes do cinema, teatro e televisão, a mineira Joana Maria Fomm, aos 79 anos de idade e 57 anos de carreira, continua na ativa e brilhando na telinha e na telona.

Com uma carreira que inclui mais de 50 novelas e minisséries na televisão e mais de 30 filmes no cinema, Joana Fomm estreou na TV em 1962 na linha de shows da TV Rio e no cinema participando de “O Quinto Poder” de Alberto Pieralisi.  A primeira novela foi “O Desconhecido”, em 1964, uma adaptação de Nelson Rodrigues para a emissora carioca, exibida em São Paulo pela TV Record, ao lado de Jece Valadão.

Nas décadas de 1960 e 1970 ela participou de importantes filmes do cinema nacional como “Todas as Mulheres do Mundo”; “O Homem Nú”; “Edu Coração de Ouro”; “Bebel Garota Propaganda”; “Macunaíma”; “O Palácio dos Anjos”; “As Gatinhas”; “Fora das Grades”; “As Noites de Iemanjá”; “Os Desclassificados”; “Marília e Marina” e “Contos Eróticos”.

Passou pela TV Tupi nos anos 1970 e marcou presença em novelas de grande audiência como “Bel-Ami”; “Ovelha Negra”; “Ídolo de Pano”; “A Viagem” e “Papai Coração”. Foi para a TV Globo onde ganhou todos os prêmios de melhor atriz do ano na televisão como a vilã Yolanda Pratini em “Dancin’ Days”, grande sucesso de Gilberto Braga.

Se transformou em uma das principais estrelas da emissora onde participou de “Os Gigantes”; “Coração Alado”; “Brilhante”; “Elas por Elas”; “Corpo a Corpo”; “Cambalacho”; “Bambolê”; “Roda de Fogo”; “Tieta” como a beata Perpétua; “Vamp” e “Fera Ferida”.

Voltou para São Paulo em 1994 e aqui fez parte do elenco de duas novelas do SBT (“As Pupilas do Senhor Reitor” e “Razão de Viver”) e uma da TV Bandeirantes (“Serras Azuis”), voltando depois para a TV Globo para fazer “Esplendor”; “Porto dos Milagres”; “O Clone”; “Agora é que são Elas”; “Bang Bang” e “Boogie Oggie”.

Joana Fomm foi casada duas vezes, a primeira com o ator Francisco Milani e a segunda com o diretor Astolfo Araujo e tem filho, Gabriel. Nos últimos anos teve alguns problemas de saúde como um câncer de mama e uma doença que afetou o seu sistema nervoso, mas desde 2015 voltou à ativa e fez “Malhação: Pro Dia Nascer Feliz” na TV Globo; “Apocalipse” na TV  Record; “Sob Pressão” e agora “Verão 90” na Globo.

Nossa homenagem a grande atriz que também está de volta ao cinema na fita “Como se tornar o pior aluno da escola” que estreou em 2018.

Redação

A Pró-TV – Associação dos Pioneiros, Profissionais e Incentivadores da Televisão Brasileira surgiu em 21 de agosto de 1995. Sua finalidade é preservar a memória da radiodifusão nacional e congregar toda classe que representa. Objetiva a criação do Museu do Rádio, da Televisão e das Novas Mídias (também chamado de “Museu da TV”).

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais