PRÓ-TV

Como surgiu a TVE

O sonho de um visionário se torna realidade

Quando a concessão do Canal 2 no Rio de Janeiro, ocupada pela TV Excelsior foi cassada em 1970 pelo Governo Federal, em função das dívidas e também pela a tentativa da emissora de fazer oposição ao Regime Militar, no poder desde 1964, abriu-se o espaço para o lançamento de um canal educativo na Cidade Maravilhosa. Um projeto sonhado por muita gente durante anos.

O governo venceu a própria concorrência que se abriu, e uma nova emissora ocupou o canal 2, a TVE, inaugurada em 15 de março de 1975. Até início da década de 1990 a emissora estava integrada a Fundação Centro Brasileiro de TV Educativa. Vale destacar que já havia emissoras educativas em outros estados, mas nada ainda no eixo Rio-São Paulo.

Varias alterações gerenciais viriam a ocorrer na história da TVE. A mais lembrada delas é a criação, em 1990, da Fundação Roquette Pinto reunindo todos os veículos de comunicação do Ministério da Educação e da Cultura. Em 1998, o órgão passa a se chamar Associação de Comunicação Educativa Roquette Pinto (ACERP).

A última das inúmeras mudanças aconteceu em 2007. A TVE Brasil foi extinta no dia 2 de dezembro, para dar lugar à TV Brasil, canal de televisão pública, que nasceu no mesmo dia em que se iniciaram as transmissões do sinal de TV digital em território brasileiro.

A existência da TVE do Rio e de dezenas de emissoras educativas no Brasil teve um patrono destacável, o visionário radialista Edgard Roquette-Pinto. Entusiasta da ideia da comunicação a serviço da educação, em 1936  Roquette-Pinto doa sua Rádio Sociedade ao então Ministério da Saúde e Educação. Nasce ai Rádio MEC. Na década de quarenta, Edgard Roquette-Pinto realizou cerca de trezentos filmes de curta-metragem para o Instituto Nacional de Cinema Educativo.

Quando finalmente a tv educativa se tornou realidade nada mais justo que dar o nome de Roquette-Pinto à fundação gestora da TVE.

Na imagem vemos a atriz Leila Cravo e Dirceu Rabelo numa gravação no estúdio 3 da TVE. O diretor Geraldo Casé dirige o programa “O Direito de Todos”. Foto do Blog do Dirceu Rabelo.

 

M.A..Z. / 09-04-2017

 

Redação

A Pró-TV – Associação dos Pioneiros, Profissionais e Incentivadores da Televisão Brasileira surgiu em 21 de agosto de 1995. Sua finalidade é preservar a memória da radiodifusão nacional e congregar toda classe que representa. Objetiva a criação do Museu do Rádio, da Televisão e das Novas Mídias (também chamado de “Museu da TV”).

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais