PRÓ-TV


MARIA BONOMI


O nome completo de Maria Bonomi é Maria Anna Olga Luiza Bonomi. Ela é uma renomada artista plástica, nascida na Itália, na cidade de Meina, em 1935. Suas atividades artísticas são muitas. É gravadora, escultora, pintora, muralista, curadora, figurinista, cenógrafa e professora.

Veio para o Brasil em 1946 e ficou morando em São Paulo, capital. Seu avô era Giuseppe Martinelli, que ficou famoso na cidade, por ter mandado construir o Edifício Martinelli, prédio mais alto da cidade, àquela época. Esse arranha-céu, como eram chamados os edifícios altos, foi erguido em 1929.

Maria Bonomi , na década de 50, estudou pintura e desenho com Yolanda Mohardy e Karl Plattner, que viveu entre 1919 a 1989. Maria começou a estudar gravura, com Lívio Abramo, em 1954. Sua primeira exposição individual aconteceu em 1956, em São Paulo. No mesmo ano recebeu bolsa de estudos da Ingram- Merril Foundation, e estudou no Pratt Institute Graphics Center, em Nova York. Ao mesmo tempo, na Columbia University, estudou gravura e teoria da arte.

De volta ao Brasil, estudou gravura em metal, na oficina de Hohnny Friedlaender, que viveu de 1912 a 1992. Maria Bonomi estudou no Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro, em 1959.

Em 1960, foi assistente de Lívio Abramo , até 1964 e o ajudou a criar o Estúdio Gravura.

Depois de 1970, Maria também se dedicou à escultura. E produziu grandes obras para espaços públicos.

Em 1999, a artista defendeu tese de doutorado em Arte Pública-Sistema Expressivo/ Anterioridade, na ECA- Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo. Na importante minissérie, feita por Maria Adelaide Amaral e Alcides Nogueira, que se intitulou: ” Um Só Coração”, Maria Bonomi foi retratada e interpretada pela atriz Maria Luiza Mendonça. Essa novela foi um enorme sucesso, e retratava o mundo artístico de São Paulo daqueles tempos.

Maria Bonomi participou da 36ª Bienal de Veneza, em 1972. Esteve na 2ª Bienal de Havana, Cuba, em 1986. Esteve ainda na 11ª Bienal Ibero Americana de Arte- Litográfica del Fin del Siglo a 200 Anõs de Su Invencion, no Museu del Palacio de Bellas Artes, na Ciudad del Mexico, em 1998. No Brasil, fez muitas exposições em São Paulo e no Rio de Janeiro.

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais