PRÓ-TV


IVAN DE ALBUQUERQUE


O nome completo do ator e diretor Ivan de Albuquerque é Ivan de campos Albuquerque. Ele nasceu na cidade de Cuiabá, capital do estado de mato Grosso, em 21 de fevereiro de 1932.

Ivan de Albuquerque estudou na escola de teatro ” O Tablado”, de Maria Clara Machado. Também formou-se como diretor na Fundação Brasileira de Teatro- FBT, em 1958. Seu companheiro de estudos e mais tarde de trabalhos foi o também ator conhecido Rubens Corrêa. Eles trabalharam juntos por trinta anos.

Em 1959, os dois juntos fundaram o ” Teatro do Rio”, localizado no antigo “Teatro São Jorge”, que hoje se chama ” Teatro Cacilda Becker”. Tempos depois, quem se juntou aos dois, foi a também atriz Leyla Ribeiro, esposa de Ivan de Albuquerque. Ela passa a fazer a administração do teatro.

Como diretor, Ivan começou no palco do ” Teatro do Rio”, com a peça: ” Oscar”, em 1959. Em 1960, dirigiu: “O Prodígio do Mundo Ocidental”. No mesmo ano , dirigiu: ” A Falecida”. Em 61, dirigiu: ” O Círculo Vicioso”. Em 62, foi a vez de encenar e dirigir: ” Pigmaleoa”. Em 63: ” A Escada”. Em 64: ” O Diário de Um Louco”. Todas essas peças foram grande sucesso de bilheteria e de crítica.

Em 1962, Ivan de Albuquerque ganhou todos os prêmios de direção , pela peça: ” A Invasão”, de Dias Gomes, peça que marcou por uma elaborada circulação de numeroso elenco no cenário.

Em 1964, Ivan e Rubens iniciaram a construção do ” Teatro Ipanema”. O palco do teatro foi erguido onde antes era um depósito de cenários, no quintal da casa onde anteriormente Rubens morou. Ainda em 64, Ivan transferiu-se para São Paulo, para trabalhar como ator no ” Teatro Oficina”, sob direção de José Carlos Martinez Corrêa , na peça: ” Andorra”. Em 1968, o ” Teatro Ipanema” teve sua sede própria encerrada e foi inaugurada. Foi quando Ivan dirigiu: ” O Jardim das Laranjeiras”, e ganhou o prêmio ” Molière”, como Melhor Diretor do Ano. Em 1970, Ivan dirigiu: ” O Arquiteto” e mais uma vez ganhou o “Molière” e o prêmio ” Governador do Estado de São Paulo”.

Em 1971, Ivan trabalhou como ator, sob a direção de Rubens Corrêa, em: ” Hoje É Dia de Rock”. Mas aí veio uma fase de autoritarismo político e Ivan resolveu se recolher e não se apresentar. E essa fase de recolhimento durou até 1977, quando ele reapareceu no Teatro Ipanema e dirigiu: ” A Chave das Minas”, introduzindo na companhia o teatro ritualístico. Em 1981, Ivan dirigiu: ” O Beijo da Mulher Aranha”, e ganhou o troféu ” Mambembe”, como Melhor Diretor.

Segundo o crítico Yan Mikalski, Ivan de Albuquerque foi um dos maiores e mais completos encenadores brasileiros, conseguindo equilibrar uma profunda análise de texto e uma harmonia sólida e segura

Ivan de Albuquerque atuou também em televisão. fez as novelas:” Zazá”, ” Fera Ferida”, ” Explode Coração”, ” Amazônia”, ” Vale Tudo”, ” O Amor é Nosso”, ” O Tempo e o Vento”, e outras.

O ator e diretor Ivan de Albuquerque morreu em 28 de outubro de 2001, na cidade do Rio de Janeiro. Estaca com 69 anos de idade.

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais