PRÓ-TV


EWERTON DE CASTRO


Nascido em São Paulo, a 11 de dezembro de 1945, Ewerton de Castro logo sentiu em si forte pendor artístico. Dedicou-se ao teatro, cinema e televisão. Começou pelo cinema e fez: “O Jeca e a Freira”; “Sentimentos do Espaço”; “As Armas”; “As Gatinhas”; “Paixão na Praia”.
Depois em televisão, na TV Record, participou de: “O Tempo não Apaga”; “A Revolta dos Anjos”; “Vidas Marcadas”; “Meu Adorável Mendigo”.

Voltou a fazer cinema, mas em seguida encaminhou-se para a TV TUPI. Ali participou de quase 10 novelas, na década de 70. Fez: “Ídolo de Pano”; “Ovelha Negra”; “A Viagem”; “Xeque-Mate”; “O Julgamento”; “Éramos Seis”; “Salário Mínimo”. Intercalando com participações em filmes, foi depois para a TV Cultura e fez as novelas: “O Fiel e a Pedra”; “Partidas Dobradas”.

A seguir foi para a TV Globo. Na TV Manchete fez: “Santa Marta Fabril”; “Kananga do Japão”; “Pantanal”. Na TV Globo fez: “Riacho Doce”; “Araponga”; “Escrava Anastácia” ; “De Corpo e Alma”; “Fera Ferida”, e mais tarde: “Uga-Uga”; “Os Maias”; “Quinto dos Infernos”. No S.B.T fez: “Sangue do Meu Sangue”, “Ossos do Barão”.

Em 2004, transferiu-se para a TV Record e fez as novelas: “A Escrava Isaura” (2004), “Essas Mulheres” (2005), “Bicho do Mato” (2006), “Chamas da Vida” (2008) e a minissérie “A História de Ester” (2010).

Além de tudo isso Ewerton de Castro nunca se afastou do teatro, onde aparece sempre em papéis que exigem muita interpretação e arte. E ele isso tem de sobra. É um dos mais talentosos atores do Brasil.

Tem também a escola de teatro, que leva seu nome. Esforçado,inteligente, simpático, é um nome de honra o cenário artístico nacional..
Ele é realmente incansável e perfeito, naquilo que faz.

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais