PRÓ-TV


ENZO DE ALMEIDA PASSOS


Enzo de Almeida Passos nasceu em São Paulo, em 1930. Atuou em rádio e em televisão. Era locutor, apresentador de programas e compositor.

Na segunda metade da década de 50, Enzo de Almeida Passos, apresentou na Rádio Bandeirantes de São Paulo o programa que ficou famoso: “Telefone pedindo Bis”.Grande sucesso.

Em 1958, Enzo abriu as portas da música popular, para o cantor Sérgio Reis, que então usava o nome de Johnny Jonson, e não cantava música sertaneja. Foi Enzo quem o apresentou aos executivos da gravadora Chantecler e o iniciou na carreira brilhante que Sérgio fez.

Em 1960,Enzo foi parceiro de Adelino Moreira na composição: “ Negue”, lançada pela “ Odeon” e depois regravada por vários cantores, em vários estilos, como nas gravações de Cauby Peixoto, Agostinho dos Santos, Joanna, Elymar Santos, Nelson Gonçalves, Pery Ribeiro. Ãngela Maria, Carlos Nobre e Maria Bethãnia.

No mesmo ano foi parceiro de Osvaldo Cruz, pela “ Copacabana”, na guarânia: “ Nunca me Abandones”.

O programa de Enzo de Almeida Passos fazia muito sucesso e enchia os auditórios. Certa vez, para comemorar o aniversário do mesmo, Enzo alugou o Cine Piratininga, no bairro do Brás, em São Paulo. E teve a presença de: Sérgio Murilo, Tony Campello, Celi Campello, Ronnie Cord, Carlos Gonzaga e Roberto Carlos, então principiante. Nessa ocasião ele apresentava o programa: “ Festival dos Brotos”, na Rádio Bandeirantes

Em 1963, Enzo fez a declamação , na música: “ Amor Mais Puro” cantada por Francisco Petrônio Essa música ficou em catálogo por muitos anos

Em 1969, Enzo teve na TV Bandeirantes, o programa: “ Telefone Pedindo Bis”, que era interativo e dirigido por Enzo . Em 1977, ele produziu o LP: “ “A Grande Parada Enzo de Almeida Passos”, que incluía nomes, como: Belchior, Maria Cleusa, Fafá de Belém, Ronnie Von. Ivan Lins. Luiz Ayrão e Wando. Na década de 70, Enzo assinou com Waldick Soriano a”Canção Louca”, gravada por Cláudia Barroso.

Em 1983, sua canção: “ Negue”, foi gravada em forma de rock, pelo conjunto: “Camisa de Venus”.

Enzo de Almeida Passos ganhou muito nome como apresentador de programas, nas décadas de 50,60 e 70, mas foi também um grande compositor.

Há uma rua com seu nome, na cidade de Atibaia, interior de São Paulo, pois Enzo de Almeida Passos é falecido.

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais