PRÓ-TV


EDITH VEIGA


A cantora Edith Veiga nasceu no interior de São Paulo, na cidade de Juquiá, em 15 de fevereiro de 1939.

Teve uma infância simples, mas com a morte do pai, quando ela estava com quinze anos, mudou-se para a capital com a mãe e a família. Começou então a trabalhar , foi cabelereira e demonstradora de artigos eletrodomésticos.

Gostava de cantar e começou a freqüentar programas de calouros. Foi ao programa: “O Telefone está Chamando” e “ A Hora do Pato”. Em 1961, ganhou o 2º lugar no programa importante: “ A Voz de Ouro ABC’, que era líder de audiência da TV Record de São Paulo, onde cantou: “ Castigo”, de Dolores Duran. Por sorte, seu canto foi ouvido pelo diretor da Gravadora Chantecler, que se chamava Diogo Mulero, o Palmeira. Ele gostou da voz de Edith Veiga e a contratou. Começou então a vida profissional da cantora Edith Veiga.

Seus discos: Sua primeira gravação foi o bolero: “ Faz-me Rir” e o fox: “ Never On Sunday”, “ Faz-me Rir” fez tanto alarde, que vendeu 500 mil cópias e se tornou o sucesso de Edith, em toda a sua carreira. Em seguida gravou: “ De Quem Estás Enamorado” e a balada: “ Rumores”. Gravou depois o samba: “ Volta” e o bolero: “Minha Vida Está Em Tuas Mãos”. Essas suas gravações foram depois incluídas em um compacto duplo.No mesmo ano, a Chantecler lançou o LP: “ Faz-me Rir e Outros Sucessos”. Em 1962, Edith Veiga, então como compositora, gravou: “ Saia da Frente”. De um lado estava o bolero: “ Sozinha”. Nesse disco fez sucesso: “ Acho Graça”, que era tocada na novela da TV Tupi: “ A Canção Que a Noite Levou”. Edith Veiga chegou a atuar na novela.

Em 1963, já considerada uma das melhores cantoras brasileiras, Edith fez shows no Japão, e em muitos países da América do Sul e da Europa.

Nesse ano lançou o LP: “ Noite Sem Ninguém”. Passou também a apresentar no Canal 2,.de São Paulo, o programa: “ Edith Veiga em 2 Tempos”, onde ela recebia personalidades e cantava.

Em 1967, Edith casou-se e depois teve sua primeira filha. Com isso afastou-se um pouco da carreira artística.

Só retornou a gravar em 1972, pela gravadora “ Sinter”, onde fez dois compactos simples. Em 1974, lançou o LP: “ Edith Veiga”. Na década de 70, apareceu nos programas de TV: “ Clube dos Artistas”,” Globo de Ouro”, “ Silvio Santos”, “ Chacrinha”. Sua Música: “ Menino” foi incluída no filme: “ A Força do Sexo”, Em 1976, lançou: “ Eu Te Amei, Eu Te Amo, Eu Sempre Te Amarei”.

Apresentou-se no “ Carnegie Hall”, dos Estados Unidos, em 1980. E gravou em Nova York, dois clips para o programa: “ Fantástico’. Em 82, gravou: “ Pensando em Ti”, Em 87, gravou: “ Como Se Fosse” Em 88, lançou o LP: “ Começo de Vida”.

Em 1987, Edith Veiga casou-se pela segunda vez e o marido impôs que deixasse a arte. Foi morar em sua cidade natal. Mas em 2001, voltou à carreira artística. Em 2003, lançou: “ Edith Veiga Canta Amália Rodrigues”. Em 2004, o selo “ Revivendo” relançou: “ Faz-me Rir”. Em 2006, comemorando 46 anos de carreira , lançou o CD: “ O Sucesso de Edith Veiga” e a coletânea: “ Warner 30 anos”. Num show no Teatro Augusta, em São Paulo, os discos foram lançados.

Na década de 60 e 70, ficou conhecida como a “ Rainha do Bolero”. Atualmente a cantora se apresenta em shows, em que faz retrospectiva de toda a sua carreira. Gravou um novo CD com músicas de sua autoria.

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais