Museu da TV, Rádio & Cinema

Por que Ratinho?



Foi num dia 22 de setembro, no ano de 1997, que a Record surpreendeu o público lançando em rede nacional o programa diário “Ratinho Livre”. Antes o apresentador fazia o policial “190 Urgente” na CNT e sua audiência despontava.

Foi uma decisão acertada da emissora. Em apenas um mês no ar a atração foi para o segundo lugar de audiência. Além de desbancar a posição do SBT o programa obrigou a Globo a mexer na sua estratégia.

Mesmo sob críticas severas sobre seu conteúdo o programa seguiu em frente até se transferir para o SBT, onde estreou no dia 8 de setembro de 1998. O interesse do empresário Silvio Santos em ter o comunicador na sua emissora foi grande. Ele melhorou sensivelmente o salário do Ratinho e pagou a multa de quebra de contrato com a Record.

Controvérsias à parte, o apresentador Ratinho se firmou no meio da comunicação e usou seu sucesso para se transformar em empresário. Hoje ele é controlador de emissoras de rádio e televisão, empregando centenas de profissionais.

O apresentador Carlos Massa passou a ser chamado de Ratinho ainda na infância. Ele era um menino magrinho, mirrado e por isso ganhou esse apelido. Foi o que revelou ao apresentador Amaury Jr. na sua última passagem pela Band. Confira aqui:

https://tvuol.uol.com.br/video/ratinho-revela-como-surgiu-seu-apelido-04024D1C3172D8A16326

 

 

#ratinholivre #ratinho #record #sbt #museudatv #museudatvradioecinema

 

M.A.Z./ 22-09-2021

Marcos Zago

Marcos Zago

 
Apoio
ABCD Nossa Casa
ABCcom
ABERT
ABTU
ACESP
Apodec
Centro Universitário Belas Artes
Coleção Marcelo Del Cima
Comunique-se
Grupo Observatório
Gugu Vive
Kantar Ibope Media
O Fuxico
Radioficina
RITU
SET
Sindicato dos Radialistas de São Paulo
Toda Tela
TUB
Universidade Anhembi Morumbi
APJ
UBI
Vela – Escola de Comunicação
 

Siga-nos nas Redes Sociais