Museu da TV, Rádio & Cinema

Ator Caio Junqueira morre em consequência de um acidente



Aos 42 anos de idade e com uma carreira de mais de 30 anos na TV, iniciada em 1985, morreu no último dia 23 de janeiro, o ator Caio Junqueira, em consequência de um derrame pleural bilateral provocado por um acidente de carro que o jovem ator sofreu uma semana antes.

Caio Junqueira era filho do ator Fábio Junqueira, também falecido inesperadamente em 2008, e irmão do também ator Jonas Torres. Ela começou a carreira no seriado cômico “Tamanho Família” na Rede Manchete, com quase 10 anos de idade.

O sucesso nacional veio em 1997 quando fez os filmes “O que é isso Companheiro?” e “For All, o Trampolim da Vitória” e o seriado “Malhação” na TV Globo. Ele também se destacou nas minisséries “Hilda Furacão”; “Chiquinha Gonzaga” e “Aquarela do Brasil”.

Em 2004 foi um dos principais atores do remake “Escrava Isaura” na TV Record e também da minissérie “Um Só Coração” na TV Globo. Em 2007 fez um dos papéis centrais do grande sucesso do cinema nacional, “Tropa de Elite” como Neto e logo depois na Globo fez as novelas “Paraíso Tropical” e “Desejo Proibido”.

Seus últimos trabalhos foram na Record TV, onde esteve na minissérie “A Lei e o Crime” e nas novelas “Ribeirão do Tempo”; “José do Egito” e “Milagres de Jesus”. Seu último trabalho na TV foi a minissérie “O Mecanismo” como Ricky, exibida no ano passado com grande repercussão.

museudatv

museudatv

 
Apoio
ABCD Nossa Casa
ABCcom
ABERT
ABTU
ACESP
Apodec
Centro Universitário Belas Artes
Coleção Marcelo Del Cima
Comunique-se
Grupo Observatório
Gugu Vive
Kantar Ibope Media
O Fuxico
Radioficina
RITU
SET
Sindicato dos Radialistas de São Paulo
Toda Tela
TUB
Universidade Anhembi Morumbi
APJ
UBI
Vela – Escola de Comunicação
 

Siga-nos nas Redes Sociais