PRÓ-TV


SÉRGIO SAMPAIO


O nome completo do cantor e compositor Sérgio Sampaio é Sérgio Moraes Sampaio. Ele nasceu na cidade de Cachoeiro de Itapemirim. ,no estado de Espírito Santo, em 13 de abril de 1947. Filho de Raul Gonçalves, dono de uma tamancaria e de dona Maria de Lourdes Moraes, professora primária. Era primo de Raul Sampaio Rocha, autor de músicas de sucesso, que foram gravadas por Roberto Carlos, nascido na mesma cidade que Sérgio. O pai, além da profissão de comerciante, era também maestro da banda local. E o filho o viu compor, quando estava com 16 anos, a música: ” Cala a Boca, Zebedeu” . O garoto, músico de nascença, também pensou em compor e era louco pra mostrar suas músicas.

Embora grande artista e grande músico, Sérgio Sampaio teve uma vida desregrada, cheia de altos e baixos. Entrou para o rádio e foi ser locutor. Tinha boa voz. Conheceu então Raul Seixas , quando se mudou para o Rio e se encantou por suja música. Deixou a locução. Sua música, que então começou com assiduidade, ia dos temas folclóricos, ao samba, ao choro, ao rock’n, aos blues, às baladas. Era bom ledor, lia Kafka, Augusto dos Anjos, e outros. E estes influenciavam suas letras. Ganhou, talvez por isso, o apelido de “O Maldito”.

Para alguns artistas de nome, como Lenine, Sérgio Sampaio se compara a Tim Maia e Raul Seixas, mas foi sempre marginalizado, por seu modo de viver, e sua inconstância.

Quando mudou-se para o Rio, morou sempre em pensões baratas, chegou a mendigar, para comer. Trabalhou na Rádio Continental, mas em 1970 demitiu-se. Queria dedicar-se somente a compor e a cantar.Em 1971, gravou com pseudônimo, a canção: ” Sol 40 Graus”, que foi gravada pelo Trio Ternura. Eles gravaram ainda de Sergio: ” Vê Se Dá Um Jeito Nisso”. Em parceria com Raul, fez: ” Amei Você Um Pouco Mais”. E depois, também com Raul: “Coco Verde, música que alcançou algum sucesso e que foi regravada por Dóris Monteiro.

Nessa época compôs bastante, mas suas letras foram mutiladas pelo Regime Militar. Mesmo assim, algumas delas entraram para os discos de Raul Seixas. Em 1972, gravou o sucesso: ” Eu Quero É Botar Meu Bloco na Rua”,que integrou o compacto do Festival Internacional da Canção, e que teve 500 mil cópiasvendidas.

Sérgio Sampaio ganhou em 1972, o Troféu Imprensa, como : Revelação 72.

Em 1974, Sérgio casou-se com Maria Verônica Martins .O casamento durou até o fim da década. Em 1975 , gravou: ” Tem que Acontecer”. Em 1977: ” Ninguém vive por mim”. Então o músico resolveu se afastar da carreira. Casou-se com a arquiteta Ângela, com quem teve o filho João. A família da esposa patrocinou o disco:” Sinceramente”, de Sérgio . Mas o casamento acabou e ele, em 1990, mudou-se para a Bahia. E a carreira experimentou um recomeço. Velhas músicas suas foram regravadas por Elba Ramalho, Luiz Melodia, Roupa Nova e outros.

Em 1994, estava estabelecendo contrato com a gravadora Baratos Afins, com músicas inéditas, quando o músico faleceu de uma pancreatite, no dia 15 de maio de 1994. Estava com apenas 47 anos.

Em verdade, a produção artística de Sérgio Sampaio é imensa. São LPs, que ele começou a gravar em 1973, são CDs, que foram regravadas até 2002. Seu reconhecimento após a morte foi imenso. Diversas homenagens, biografias, etc. Todos o considerando um grande artista. O Maldito foi mais reconhecido após a morte, que em vida.

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais