PRÓ-TV


ESTHER LEÃO


Esther Leão nasceu em Lisboa, Portugal, em 1892 e faleceu na cidade do Rio de Janeiro, em 1971.

Ela foi atriz, diretora , professora de técnica vocal e encenadora.

Filha de embaixador,estudou teatro com Antoine, na França, em Paris. Lá chegou a ser muito prestigiada. Mas apaixonou-se pelo Brasil e para cá veio. Aqui dirigiu muitos atores e corrigiu a voz de alguns, inclusive de políticos , entre os quais o famoso e importanteCarlos Lacerda.

Foi diretora do “ Teatro do Estudante” no Brasil. Marcou presença no teatro brasileiro, nas décadas de 40 e 50. O primeiro espetáculo que dirigiu foi: “ Os Romanescos”, no TEB. Depois:” Leonor de Mendonça”;em 1939. Em 1940, dirigiu: “ O Jesuíta”. Ainda em 1940, foi convidada por Eva Todor e dirigiu: “ Feia”, de Paulo de Magalhães. Em 1941, dirigiu: “ Dias Felizes” e “ 3.200 Metros de Altitude”. Em 1945, ficou à frente do “ Teatro Universitário” e dirigiu: “ Romeu e Julieta”. Em 1947, na “Companhia Alma Flora”, dirigiu: “ Seremos Sempre Crian- ças”.Em 1948, no TEB, esteve à frente de: “ Inês de Castro”. Em 1949, participou do “ Festival Shekespeare”.Dirigiu a seguir; “ Quebranto”, “ O Pai”,” A Dama da Madrugada”. “ Alegres Canções na Montanha”, “Surpresas de uma Noite de Núpcias”, “ A Morte do Caixeiro Viajante” . Neste trabalho, que aconteceu em 1951, prestou homenagem ao ator Jaime Costa.

Ainda na década de 50, a professora Esther Leão lecionou interpretação no Teatro Duse.

Comentário sobre Esther Leão, por Maria Jacintha, autora e crítica de teatro: “ A professora Esther foi a primeira mestra dos estreantes Cacilda Becker, Fernanda Montenegro, Nathália Timberg, Vanda Lacerda, Glauce Rocha e de muitos mais. Podemos dizer que ela é a responsável pelo novo teatro brasileiro”.

Ela faleceu no Brasil, aos 79 na os de idade.

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais