Museu da TV, Rádio & Cinema

Onde anda você, Patrícia Mayo?



Patrícia Mayo é o nome artístico de Rosa Maria Rego Monteiro Olegário da Costa, filha da atriz Guiomar Santos e do radialista Gastão do Rego Monteiro. Aos 74 anos de idade e com uma carreira de mais de 50 anos na TV e no cinema, Patrícia está longe das novelas desde 2016 quando fez a novela “Escrava Mãe” na Record TV.

A atriz começou a carreira com 16 anos de idade fazendo parte do “TV de Comédia” e do “TV de Vanguarda”, levada pelo autor e diretor Geraldo Vietri, na TV Tupi de São Paulo. Seu primeiro galã foi o também jovem ator, na época, Tarcísio Meira.

Ela se casou bem jovem com o diretor de TV Luiz Gallon, com quem teve sua primeira filha, Adriana. A primeira novela diária foi “O Segredo de Laura”, escrita por Vida Alves, em 1964. Depois vieram muitas outras na TV Tupi e no SBT.

Patrícia Mayo também foi estrela de dois filmes de Mazzaropi: “Uma Pistola para D’Jeca” e “O Grande Xerife” e fez várias novelas importantes na TV Tupi como “Antonio Maria”; “As Bruxas”; “Simplesmente Maria”; “A Fábrica” e “Signo da Esperança”. Esteve na última novela da emissora, “Como Salvar Meu Casamento” em 1979 e depois abandonou a carreira para cuidar dos filhos. Ela se casou uma segunda vez e teve mais três filhos.

Ela voltou à carreira 16 anos depois no SBT, onde esteve em “Razão de Viver”; “A Pequena Travessa”; “Canavial de Paixões”; “Seus Olhos”; “Cristal” e “Amor e Revolução”, esta última em 2011.

Patrícia Mayo hoje mora no Litoral Sul de São Paulo e faz falta na nossa telinha, onde esteve pela última vez em uma participação especial como a Tia Elza na novela da Record, “Escrava Mãe”. Nossas homenagens a ela.

museudatv

museudatv

 
Apoio
ABCD Nossa Casa
ABCcom
ABTU
ACESP
Apodec
Centro Universitário Belas Artes
Coleção Marcelo Del Cima
Comunique-se
Grupo Observatório
RITU
SET
Sindicato dos Radialistas de São Paulo
Toda Tela
TUB
Universidade Anhembi Morumbi
APJ
UBI
 

Siga-nos nas Redes Sociais