Museu da TV, Rádio & Cinema

Louis Armstrong, atração ao vivo da TV Record, em 1957



Antes dos grandes festivais de música popular brasileira que a emissora lançou na metade da década de 1960, a TV Record já tinha colocado o seu nome na história dos grandes musicais da televisão brasileira, por ter se tornado, a partir da segunda metade da década de 1950, a emissora que mais investiu em shows internacionais na telinha.

O primeiro deles, no enorme Teatro Record Paramount, em 1957, foi o grande Louis Armstrong. Paulo Machado de Carvalho Filho, em seu livro “Histórias que a História não Contou”, diz que o cantor, quase na hora do show, com o Paramount lotado, resolveu que não ia se apresentar, e só o fez porque Paulinho Machado e outros diretores prometeram que lhe dariam uma surra se ele não se apresentasse.

Histórias à parte, a partir de Louis Armstrong, o palco do Teatro Record Paramount viu um desfile de astros e estrelas internacionais, como raríssimas vezes vimos nos palcos paulistas. As maiores vozes da música internacional marcaram ponto no teatro e tiveram seus shows transmitidos pelo Canal 7 de São Paulo.

Em 1958, foi a vez de Bill Haley e seus Cometas, que “incendiaram” o palco da TV Record e fizeram tanto sucesso que, a partir desse show na emissora, o consumo de LPs do grupo e de vários outros astros do rock and roll internacional, cresceu assustadoramente em solo nacional.

Nat King Cole, Sarah Vaughan e Charles Aznavour foram as grandes atrações internacionais da emissora, em 1959. Foram shows memoráveis e que começaram a chamar a atenção dos empresários internacionais para o Brasil como rota dos grandes espetáculos e das turnês mundiais de grandes astros da música internacional, principalmente a americana.

Em 1960, o palco do Paramount abrigou o italiano Domenico Modugno e os norte-americanos Harry James, Ella Fitzgerald e Sammy Davis Junior, que retornaria no ano seguinte, devido ao grande sucesso que fez. E junto com Sammy viriam ainda se apresentar, em 1961, Tony Bennet e Benny Goodman. E ainda por aqui estiveram e se apresentaram, trazidos pela família Record, Pepino Di Capri, Neil Sedaka, Chubby Checker e Nico Fidenco.

Era a TV Record dando os primeiros passos para se tornar a mais importante emissora do país na linha de shows e programas musicais da história da televisão brasileira.

Por Rodolfo Bonventti

Rodolfo Bonventti

Rodolfo Bonventti

 
Apoio
ABCD Nossa Casa
ABCcom
ABERT
ABTU
ACESP
Apodec
Centro Universitário Belas Artes
Coleção Marcelo Del Cima
Comunique-se
Grupo Observatório
Gugu Vive
Kantar Ibope Media
O Fuxico
Radioficina
RITU
SET
Sindicato dos Radialistas de São Paulo
Toda Tela
TUB
Universidade Anhembi Morumbi
APJ
UBI
Vela – Escola de Comunicação
 

Siga-nos nas Redes Sociais