Museu da TV, Rádio & Cinema

Louis Armstrong, atração ao vivo da TV Record, em 1957



Antes dos grandes festivais de música popular brasileira que a emissora lançou na metade da década de 1960, a TV Record já tinha colocado o seu nome na história dos grandes musicais da televisão brasileira, por ter se tornado, a partir da segunda metade da década de 1950, a emissora que mais investiu em shows internacionais na telinha.

O primeiro deles, no enorme Teatro Record Paramount, em 1957, foi o grande Louis Armstrong. Paulo Machado de Carvalho Filho, em seu livro “Histórias que a História não Contou”, diz que o cantor, quase na hora do show, com o Paramount lotado, resolveu que não ia se apresentar, e só o fez porque Paulinho Machado e outros diretores prometeram que lhe dariam uma surra se ele não se apresentasse.

Histórias à parte, a partir de Louis Armstrong, o palco do Teatro Record Paramount viu um desfile de astros e estrelas internacionais, como raríssimas vezes vimos nos palcos paulistas. As maiores vozes da música internacional marcaram ponto no teatro e tiveram seus shows transmitidos pelo Canal 7 de São Paulo.

Em 1958, foi a vez de Bill Haley e seus Cometas, que “incendiaram” o palco da TV Record e fizeram tanto sucesso que, a partir desse show na emissora, o consumo de LPs do grupo e de vários outros astros do rock and roll internacional, cresceu assustadoramente em solo nacional.

Nat King Cole, Sarah Vaughan e Charles Aznavour foram as grandes atrações internacionais da emissora, em 1959. Foram shows memoráveis e que começaram a chamar a atenção dos empresários internacionais para o Brasil como rota dos grandes espetáculos e das turnês mundiais de grandes astros da música internacional, principalmente a americana.

Em 1960, o palco do Paramount abrigou o italiano Domenico Modugno e os norte-americanos Harry James, Ella Fitzgerald e Sammy Davis Junior, que retornaria no ano seguinte, devido ao grande sucesso que fez. E junto com Sammy viriam ainda se apresentar, em 1961, Tony Bennet e Benny Goodman. E ainda por aqui estiveram e se apresentaram, trazidos pela família Record, Pepino Di Capri, Neil Sedaka, Chubby Checker e Nico Fidenco.

Era a TV Record dando os primeiros passos para se tornar a mais importante emissora do país na linha de shows e programas musicais da história da televisão brasileira.

Por Rodolfo Bonventti

Rodolfo Bonventti

 
Apoio
ABCD Nossa Casa
ABCcom
ABTU
ACESP
Apodec
Centro Universitário Belas Artes
Coleção Marcelo Del Cima
Comunique-se
Grupo Observatório
RITU
SET
Sindicato dos Radialistas de São Paulo
Toda Tela
TUB
Universidade Anhembi Morumbi
APJ
UBI
 

Siga-nos nas Redes Sociais