Museu da TV, Rádio & Cinema

Fulvio Stefanini e uma carreira de mais de 60 anos



Filho de italianos, o ator Fulvio Stefanini, aos 79 anos de idade, é um dos mais atuantes da televisão brasileira, com uma carreira vitoriosa que começou em 1956, há mais de 60 anos, portanto, nos teleteatros da TV Tupi.

Alto, loiro e bonito, Fulvio Stefanini logo chamou atenção quando participou de espetáculos no Teatro Escola de São Paulo e depois no “Teatro da Juventude” e no “Sitio do Pica-Pau Amarelo” que eram apresentados na TV Tupi.

O sucesso chegou quando assinou um contrato com a TV Excelsior, em 1964, para fazer as novelas “A Outra Face de Anita”, “Melodia Fatal” e “A Indomável”. Em “As Minas de Prata” fez par romântico com Regina Duarte e depois foi para a TV Record onde se transformou em galã da emissora, participando de “A Última Testemunha”; “Algemas de Ouro”; “As Pupilas do Senhor Reitor” e “Os Deuses Estão Mortos”.

A estréia na TV Globo foi em 1973 na novela “Carinhoso” de Lauro César Muniz e em seguida fez “Fogo Sobre Terra” e “Gabriela”, onde fez brilhantemente o personagem Tonico Bastos. Voltou para a TV Tupi onde esteve na novela “Roda de Fogo” e na TV Bandeirantes participou de cinco novelas, entre elas, “Cara a Cara”; “Cavalo Amarelo” e “Os Imigrantes”.

Passou também pelos teleromances da TV Cultura e fez duas novelas no SBT, “Brasileiras e Brasileiros” e “Razão de Viver”, até retornar para a TV Globo em 1999 e de lá não sair mais. Entre as várias novelas e minisséries que participou na emissora, destaque para “Porto dos Milagres”; “Chocolate com Pimenta”; “Alma Gêmea”; “Duas Caras”; “Caras e Bocas” e “Amor à Vida”.

No teatro ele se destacou em grande sucessos de bilheteria  como “As Feiticeiras de Salém”; “Quem tem medo de Virginia Woolf?”; “Meno Male”; “Caixa 2” e “O Pai”. Fulvio ganhou o Prêmio Shell de melhor ator em 1999, com “Caixa 2” e o prêmio APCA de melhor ator em televisão pelo personagem Osvaldo em “Alma Gêmea” em 2005. Voltou a ganhar o Prêmio Shell em 2010 com a peça “A Grande Volta”.

Ainda em plena atividade, Fulvio pode ser visto recentemente nos filmes “Nelson Ninguém” e “De Onde Eu Te Vejo” e no seriado “Pacto de Sangue” do canal GNT.

Nossa homenagem ao grande ator que tem mais de 60 anos de carreira.

 

museudatv

museudatv

 
Apoio
ABCD Nossa Casa
ABCcom
ABERT
ABTU
ACESP
Apodec
Centro Universitário Belas Artes
Coleção Marcelo Del Cima
Comunique-se
Grupo Observatório
Gugu Vive
Kantar Ibope Media
O Fuxico
Radioficina
RITU
SET
Sindicato dos Radialistas de São Paulo
Toda Tela
TUB
Universidade Anhembi Morumbi
APJ
UBI
Vela – Escola de Comunicação
 

Siga-nos nas Redes Sociais