Museu da TV, Rádio & Cinema

De repente, tudo diferente!



Em 1980 a Globo ainda lançava novelas em janeiro. No dia 21 daquele mês a emissora colocou no ar sua nova atração das seis, “Olhai os Lírios do Campo”. A faixa vinha de um sucesso grandioso, “Escrava Isaura”.

Nos bastidores dessa novela aconteceu um denso capítulo da história da nossa tv. Depois de 21 anos de carreira na Tupi o consagrado autor e diretor Geraldo Vietri estreava na Globo. Para encarar a missão de transformar a famosa obra de Érico Veríssimo em novela da tv o autor só encontrou uma saída: leu atentamente o romance e criou uma novela a partir daquele universo, já que o original tem um tom narrativo e novela de tv é só diálogo e mais diálogo.

Na direção do projeto a Globo escalou Herval Rossano, que “se formou” trabalhando da teledramaturgia da Tupi Rio. Pela primeira vez Vietri teria um texto seu entregue a outros profissionais. Para alguém acostumado a escrever, escalar, dirigir, editar, escolher as músicas e o que mais fosse preciso, era uma mudança radical. No começo deu tudo certo, mas aos poucos a situação foi se complicando. Pelo método de trabalho da Globo Herval podia, e devia, mudar cenas, alterar sequências, enxugar ações, alongar outras, etc. Vietri não aceitava essa situação, e mais: sofria com tudo. Começou a enviar só cenas, separadas, sem fechar os capítulos, impossibilitando as manobras do diretor. A situação ficou incontornável. A Globo acabou por romper com Vietri e chamou Wilson Rocha para terminar o projeto. A novela teria 120 capítulos, mas foi abreviada para 108.

Não obstante, no ar o público acompanhou a bela história do Dr. Eugênio (Claudio Marzo), o médico de origem pobre que descarta o amor sincero de Olivia (Nívea Maria) para se casar com a rica Eunice (Thaís de Andrade) e descobre que para ser feliz vai ter que rever toda a sua vida.

No elenco estiveram também:

CARLOS DUVAL

CHICO MARTINS – Seu Flores

EDUARDO PARANHOS – médico

ELIZABETH HARTMANN – Frida Falk

ÊNIO SANTOS – Dr. Seixas

FÁBIO MÁSSIMO – Bruno

FERNANDO DE ALMEIDA – Dr. Mário

FERREIRA LEITE – Ângelo

IRENE ALVES – paciente do Dr. Seixas

JAIME BARCELOS – Padre Giácomo

JARDEL FILHO – Felipe Lobo

JOÃO BATISTA VIEIRA – Ernesto (criança)

JOÃO PAULO ADOUR – Ernesto

JONAS BLOCH – Simão

JOYCE DE OLIVEIRA – Quinota

KLEBER DRABLE – Dr. Bellini

LOURDES MAYER – Alzira

LUÍS FELIPE DE LIMA – Eugênio (criança)

LUIZ ARMANDO QUEIRÓZ

MANECO BUENO – Acélio Castanho

MARCOS PLONKA – Hans Falk

MÁRIO CARDOSO – Carlo Bellini

NAIR BELLO – Rafaela

NEUZA AMARAL – Isabel

ORION XIMENES – garçon

PATRÍCIA BUENO – Madalena

PAULÃO – motorista de caminhão

PEDRO ROCHA – paciente do Dr. Seixas

PIETRO MÁRIO – diretor da faculdade de Medicina

RUTH DE SOUZA – Mariana

SÉRGIO BRITTO – Vicente Cintra

SÉRGIO DE OLIVEIRA – Dr. Ezequiel

SIMONE CARVALHO – Antonieta

SÔNIA REGINA – Dora

A novela foi ao ar de 21 de janeiro a 24 de maio de 1980.

Para recordar, a abertura está aqui:

https://www.youtube.com/watch?v=CSHH_MPRAIo

 

Geraldo Vietri, tempos depois, na Bandeirantes

 

#OlhaiOsLiriosNoCampo #GeraldoVietri #ClaudioMarzo #NiveaMaria #NovelaDasSeis “MuseuDaTV

 

Em 22-01-2022

Marcos Zago

Marcos Zago

 
Apoio
ABCD Nossa Casa
ABCcom
ABERT
ABTU
ACESP
Apodec
Centro Universitário Belas Artes
BRAVI
Coleção Marcelo Del Cima
Comunique-se
Fórum SBTVD
Grupo Observatório
Gugu Vive
IBEPEC
Kantar Ibope Media
O Fuxico
Radioficina
RITU
SET
Sindicato dos Radialistas de São Paulo
Toda Tela
TUB
TudoRádio
Universidade Anhembi Morumbi
APJ
UBI
Vela – Escola de Comunicação
 

Siga-nos nas Redes Sociais