Museu da TV, Rádio & Cinema

A comédia romântica que determinou um estilo para o horário das 19h



Foi o autor Vicente Sesso, em 1972, com a telenovela “Uma Rosa Com Amor”, quem determinou com o sucesso dessa comédia romântica, o estilo de novelas que a partir de então passariam a ocupar o horário das 19h na TV Globo.

Com mais de 200 capítulos e ainda produzida em preto e branco, “Uma Rosa Com Amor” conquistou o público também pela química perfeita do casal central: Marília Pera como a solitária e sofredora Serafina Rosa Petrone e Paulo Goulart como o industrial francês Claude Geraldi. Dois brilhantes trabalhos que consagraram os dois atores.

O enredo era bastante simples: Serafina era uma jovem sem grandes atrativos e que alimentava uma paixão secreta pelo seu chefe de origem francesa, mas ele não prestava atenção nela. Para atenuar essa indiferença, ela resolve enviar uma rosa diariamente para si mesma com o intuito de chamar a atenção de todos em sua volta.

A novela estreou em 23 de outubro de 1972 e, desde o primeiro capítulo, levou a emissora carioca a conquistar altos índices de audiência em várias praças, inclusive em São Paulo, onde a TV Tupi exibia “Vitoria Bonelli” de Geraldo Vietri há um mês, com relativo sucesso de público.

Uma Rosa Com Amor” também entrou para a história como uma novela de grandes interpretações, e que merecem destaque além de Marília e Goulart, os trabalhos desenvolvidos por Grande Otelo como Pimpinoni; Lélia Abramo como a mama Amália; Ary Fontoura como o fanhoso Afrânio; Yoná Magalhães como a milionária Nara Paranhos e Henriqueta Brieba como Pepa, a fofoqueira do cortiço onde Serafina morava com os pais e a irmã.

A novela também marcou a volta de Yoná Magalhães para a TV Globo depois de ter realizado dois trabalhos na TV Tupi, e uma nova fase na carreira da atriz, que trocou os longos cabelos pretos por uma imagem de loura fatal, e anunciou a separação do ator Carlos Alberto, seu par constante em várias produções anteriores tanto na própria Globo como na Tupi.

No grande elenco da novela, além dos atores já citados, destaque também para Leonardo Villar, Felipe Carone, Nívea Maria, Marcos Paulo, Tonia Carrero, Gracindo Junior, Gilberto Martinho, Heloísa Helena, José Augusto Branco, Roberto Pirillo, Eleonor Bruno, Jacyra Silva e Enio Santos.

Rodolfo Bonventti

 
Apoio
ABCD Nossa Casa
ABCcom
ABTU
ACESP
Apodec
Centro Universitário Belas Artes
Coleção Marcelo Del Cima
Comunique-se
Grupo Observatório
RITU
SET
Sindicato dos Radialistas de São Paulo
Toda Tela
TUB
Universidade Anhembi Morumbi
APJ
UBI
 

Siga-nos nas Redes Sociais