Museu da TV, Rádio & Cinema
Fuzarca e Torresmo: em outubro de 1950 eles já estavam fazendo arte nos estúdios da Tupi

Chateaubriand queria a Tupi em cores, na inauguração!



Quando 1950 chegou o jornalista Assis Chateaubriand, magnata da comunicação brasileira estava empenhado na campanha presidencial, na montagem do Museu de Arte de São Paulo e na implantação da televisão no Brasil. Foram muitos capítulos até a inauguração da TV Tupi de São Paulo, em setembro.

Num deles, na viagem aos Estados Unidos, o Velho Capitão, como era chamado, foi levado à fábrica da RCA Victor em Burbank, na Califórnia. Depois de atravessar os EUA uma surpresa o aguardava. Mas antes é bom que se saiba que ele já tinha pago 500 mil dólares aos americanos, a primeira parcela de uma compra de 5 milhões, valor para a aquisição de trinta toneladas de equipamentos necessários para colocar a Tupi no ar.

Quando o jornalista e seu staff chegaram, foram levados a um auditório para poucas pessoas, onde havia um grande monitor de televisão. O anfitrião, David Sarnoff, diretor da RCA, ordenou que as luzes fossem apagadas e logo a tela da tv foi preenchida por uma banda de jazz, numa exibição…. em cores! Chateaubriand ficou espantado. Não acreditava no que via. Ele mal tinha conhecido a tv em preto e branco… e aparecia uma colorida!

Sarnoff explicou que se tratava de uma experiência em desenvolvimento pela empresa, mas para espanto dos americanos Chateaubriand abriu sua pasta e rasgou todos os contratos que tinha assinado com a RCA, na véspera. Para ele os americanos estavam vendendo equipamento obsoleto e isso ele não aceitava. Estavam tratando o Brasil com desdém. Ele só continuaria a negociação se pudesse implantar sua emissora em cores.

Foi preciso muito jeito para aclarar a situação. A Tupi seria inaugurada em glorioso preto e branco, no dia 18 de setembro de 1950. A televisão em cores só seria realidade nos EUA em 1966, dezessete anos depois. E no Brasil só em 1972.

Hoje é aniversário da Tupi, da nossa tv. Parabéns aos profissionais, aos apoiadores e ao público.

#tvtupi #chato# #aniversariodatv # museudatv #museudatvradioecinema

 

 

 

M.A.Z./ 18-09-2021 / fonte: “Chatô, o Rei do Brasil” – Fernando Morais

Marcos Zago

Marcos Zago

 
Apoio
ABCD Nossa Casa
ABCcom
ABERT
ABTU
ACESP
Apodec
Centro Universitário Belas Artes
Coleção Marcelo Del Cima
Comunique-se
Grupo Observatório
Gugu Vive
Kantar Ibope Media
O Fuxico
Radioficina
RITU
SET
Sindicato dos Radialistas de São Paulo
Toda Tela
TUB
Universidade Anhembi Morumbi
APJ
UBI
Vela – Escola de Comunicação
 

Siga-nos nas Redes Sociais