PRÓ-TV

“Vamos S’imbora” reunia Simonal e Chico Anysio na Record



A união de música de qualidade com um humor fino e irreverente foi um dos principais trunfos da televisão brasileira, em especial da TV Record, nos anos 1960, para decretar o sucesso de um programa.

A experiência já havia dado certo com o “Corte Rayol Show”, um dos programas líderes de audiência da TV Record e que reunia o talento do cantor Agnaldo Rayol com o humor simples e criativo de Renato Corte Real, um dos grandes comediantes da nossa TV nos anos 60 e 70.

A receita se repetiu em setembro de 1967, quando a Equipe A de produtores da TV Record uniu o suingue, a bossa, a descontração e a pilantragem do cantor Wilson Simonal com o humor inteligente e irreverente de vários personagens criados pelo comediante Chico Anysio. O programa se chamava “Vamos S’imbora” e ganhou o horário nobre das quartas-feiras, às 20h30.

Nessa época, Wilson Simonal era uma das estrelas da TV Record onde participava de todas as edições do “Show do Dia Sete” e fazia apresentações esporádicas no programa “Jovem Guarda”, líder de audiência e comandado por Roberto, Erasmo e Wanderléa.

O sucesso de Simonal era tão grande que o intérprete de “Mamãe passou açúcar em mim” necessitava urgente de um programa só para ele. Como o humorista Chico Anysio também começava a se destacar com a criação de inúmeros personagens e era apontado por todos com uma das grandes revelações do humorismo televisivo brasieiro, a TV Record não teve dúvidas de que essa dupla poderia provcar muitos “estragos” na audiência da concorrência.

O “Vamos S’imbora”  ficou dois anos no ar, até fevereiro de 1969, e liderava a audiência em São Paulo nas noites de quarta-feira. O programa só terminou porque o contrato de Simonal com a TV Record chegou ao fim, e ele  estava mais interessado em tocar a sua carreira como cantor. já que estava com uma agenda lotada de apresentações por todo o Brasil e seus discos vendiam muito bem.

Embora tenha ficado apenas dois anos no ar, o “Vamos S’imbora” foi um grande acerto da emissora paulista, que serviu para alavancar a carreira musical de Simonal, e para provar para os diretores de TV, que Chico Anysio era um grande humorista e criador de tipos bem brasileiros, e também merecia um programa só dele.

Redação

A Pró-TV – Associação dos Pioneiros, Profissionais e Incentivadores da Televisão Brasileira surgiu em 21 de agosto de 1995. Sua finalidade é preservar a memória da radiodifusão nacional e congregar toda classe que representa. Objetiva a criação do Museu do Rádio, da Televisão e das Novas Mídias (também chamado de “Museu da TV”).

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais