PRÓ-TV

TV Globo estuda produzir nova versão de Éramos Seis



O clássico da literatura brasileira “Éramos Seis” de Maria José Dupré, pode ganhar sua quinta versão para a televisão.  A TV Globo acaba de adquirir os direitos sobre a obra e pensa em produzi-la para o horário das 18 horas.

A primeira versão de “Éramos Seis” para a televisão foi em 1958, na TV Record, com dois capítulos apresentados por semana e com Gessy Fonseca e Gilberto Chagas como Dona Lola e seu Julio. A segunda versão aconteceu na TV Tupi, em 1967, em uma adaptação de Pola Civelli com Cleyde Yáconis e Silvio Rocha encabeçando o elenco.

A terceira versão, em uma adaptação de Silvio de Abreu e Rubens Ewald Filho, estreou na TV Tupi em 6 de junho de 1977 e foi um grande sucesso com Nicette Bruno ganhando todos os premios do anos como melhor atriz pela sua brilhante construção de Dona Lola. Seu par foi  o grande Gianfrancesco Guarnieri como o seu marido Julio.

Em 1994 o SBT fez uma nova versão, agora dirigida por Nilton Travesso, com excelentes índices de audiência e desempenhos marcantes de Irene Ravache como dona Lola e de Othon Bastos como o seu Julio.

A nova versão deve ser adaptada por Angela Chaves com supervisão de Silvio de Abreu e deverá ser gravada em São Paulo e ir ao ar no final de 2019 no horário das 18 horas, pela TV Globo.

 

Redação

A Pró-TV – Associação dos Pioneiros, Profissionais e Incentivadores da Televisão Brasileira surgiu em 21 de agosto de 1995. Sua finalidade é preservar a memória da radiodifusão nacional e congregar toda classe que representa. Objetiva a criação do Museu do Rádio, da Televisão e das Novas Mídias (também chamado de “Museu da TV”).

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais