PRÓ-TV

TV Excelsior reunia Francisco Cuoco e Regina Duarte



A TV Excelsior começava a sentir os efeitos de uma grande crise em função da repressão que sofria pelo governo militar brasileiro, quando resolveu investir pesado no horário de novelas das 19h, e estreou em 6 de maio de 1968 a telenovela “Legião dos Esquecidos”, escrita por Raimundo Lopes e dirigida por Waldemar de Moraes e Reynaldo Boury.

Era a adaptação para a TV de um original que tinha feito muito sucesso no rádio, e que trazia de volta à telinha o talento do galã Francisco Cuoco depois do estrondoso sucesso de “Redenção”, que havia ficado mais de um ano no ar.

“Legião dos Esquecidos” era a história de um homem que era forçado pela família a abandonar a noiva que ele amava, para se casar com uma mulher da alta sociedade paulista. Mas a esposa dele morre na viagem de núpcias e ele resolve então procurar a ex-noiva, mas não consegue descobrir mais o paradeiro dela, e se joga numa vida de aventuras em um garimpo onde fica rico e monta um império, até ser preso, acusado de um assassinato e se apaixonar por uma doce mulher, Regina Célia, que o faz amolecer o seu coração.

A novela reuniu pela primeira vez o casal Francisco Cuoco e Regina Duarte como protagonistas. Eles viriam a repetir duas vezes essa dupla central em outras novelas globais nos anos 1970. Regina Duarte já era um dos grandes trunfos da TV Excelsior e estava totalmente loira, uma exigência para o primeiro filme que ela acabara de rodar, “Lance Maior” onde atuava ao lado de Reginaldo Faria.

A personagem de Regina Duarte só apareceu no terceiro mês de exibição da novela, mudando o enredo inicial e dando mais agilidade para a trama, que patinava no horário, naquele momento, dominado pela TV Tupi com a novela “Antonio Maria”.

Para artistas e técnicos que trabalharam na Excelsior naquela época, o fracasso da novela “Legião dos Esquecidos” em termos de público, contribuiu para iniciar a derrocada que tiraria a TV Excelsior do ar pouco tempo depois. Nem o carisma e o talento de Cuoco e Regina, o par central, fez a novela cair nas graças dos telespectadores, e a novela fez história como um dos grandes enganos da emissora em termos de teledramaturgia.

Ao lado do par central, nas suas duas fases, antes e depois do aparecimento da personagem de Regina Duarte, a novela contou com um grande elenco composto por Armando Bógus, Rodolfo Mayer, Irina Grecco, Sadi Cabral, Lurdinha Félix, Carlos Zara, Serafim Gonzalez, Maria Aparecida Baxter, Rita Cléos, Eduardo Abbas, Newton Prado, Nicete Bruno, Wilma de Aguiar, Silvio Rocha, Arlete Montenegro, Vera Nunes e Neusa Maria.

Redação

A Pró-TV – Associação dos Pioneiros, Profissionais e Incentivadores da Televisão Brasileira surgiu em 21 de agosto de 1995. Sua finalidade é preservar a memória da radiodifusão nacional e congregar toda classe que representa. Objetiva a criação do Museu do Rádio, da Televisão e das Novas Mídias (também chamado de “Museu da TV”).

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais