PRÓ-TV

Show de anunciantes



A instalação da tv no Brasil no inicio dos anos 50 despertou o interesse de alguns setores da economia que enxergaram na novidade um bom futuro. O preço dos televisores foi se tornando mais acessível. Emissoras foram se instalando em outros estados. Na segunda metade dos anos 50 e inicio dos 60 a TV ampliou sua importância e começou a atrair em definitivo as agências de propaganda e os anunciantes. O novo veículo de comunicação tinha uma fórmula mágica para a venda de produtos.

Mas os anunciantes, desconfiados no inicio, passaram a comandar as produções, e os programas assumiram os nomes dos patrocinadores. Assim, desfilaram pela tela programas como: “Grande Gincana Kibon”, “Espetáculos Tonelux”, “Divertimentos Ducal”, “Cine Max Factor”, “Mappin Movietone”, “Boliche Royal”, “Antártica no Mundo dos Sons”, “Show União”, “Showzinho Kellogs”, “Big Show Peixe”, “Calouros Toddy”, “Sabatinas Maisena”, “Paramount Ponto Por Ponto”, “Zilomag Show”, “Teatrinho Trol”, “Telecatch Montilla”, “Ultra Notícias”, “Grandes Atrações Pirani”, “Show Pneuac”, “Cônsul Hit Parade”, “Folias Philips”, “Circo Bombril”, “Concertos Matinais Mercedes Bens”, “Teledrama Três Leões”, “Crush em Hi Fi”, “Lever no Espaço”, “Teatro Walita”, “Histórias Maravilhosas Bendix”, “Parque Petistil”, “Hebe Cynar e Simpatia” e muitos outros, com destaque para o mais famoso de todos eles, o “O Seu Repórter Esso”.

Os anos 60 consolidaram a televisão brasileira. A disputa pelas verbas publicitárias exigiu uma nova postura. Havia mais marcas disputando a atenção e os comerciais do intervalo ganharam mais importância. O Brasil tinha agora a sua indústria da televisão e junto com ela uma nova realidade no mercado publicitário.

M.A.Z. / 11-06-2007

 

Redação

A Pró-TV – Associação dos Pioneiros, Profissionais e Incentivadores da Televisão Brasileira surgiu em 21 de agosto de 1995. Sua finalidade é preservar a memória da radiodifusão nacional e congregar toda classe que representa. Objetiva a criação do Museu do Rádio, da Televisão e das Novas Mídias (também chamado de “Museu da TV”).

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais