PRÓ-TV

RITCHIE

06/03/1952

Richard David Court nasceu em Beckenham, Condado de Kent, na Grã Bretanha, em 06 de março de 1952.

Nos anos 1970, já vinculado à música, emigra da Inglaterra para o Brasil.  No final de 1972, já em São Paulo, forma a Banda Scaladácida. Aos 21 anos ele se muda para o Rio de Janeiro onde ganha a vida dando aulas de inglês para músicos como Egberto Gismonti e Paulo Moura.

Em 1975, atua no conjunto musical Vimana, juntamente com Lobão, Lulu Santos, Fernando Gama e Luiz Paulo Simas, e também faz parte do grupo A Barca do Sol. Participou também do espetáculo musical “A Feiticeira” com Marília Pêra.

Em 1983, finalmente surge o seu primeiro disco solo, pela Gravadora CBS, “Vôo de Coração”, que imediatamente é recorde de vendagem, com a marca de um milhão e duzentas mil cópias vendidas e com sucessos como “Menina Veneno”, de Ritchie e de Bernardo Vilhena. Em janeiro do ano seguinte, desbanca o Rei Roberto Carlos e ganha o Troféu Imprensa de Melhor Cantor de TV de 1983.

Em 1986, mais um fato inédito para uma música interpretada por um  roqueiro: a gravação sua de  “Transas”  de Nico Rezende e Paulinho Lima, tema da novela “Roda de Fogo” da TV Globo, é eleita por unanimidade a Música do  Ano na Televisão  segundo os jurados do Troféu Imprensa. Nessa época, Ritchie já está gravando na Polygram.

Ele também integrou a banda Tigres de Bengala, e com oito discos em sua carreira solo, com músicas em onze trilhas de novelas na Rede Globo, o anglo-brasileiro Ritchie é um dos mais premiados cantores de Pop-Rock no Brasil.

Ritchie nos últimos anos se tornou websound designer e assinou a criação e a implantação de softwares de áudio em sites como o da Usina do Som; Yahoo!Digital e o de Lulu Santos.

Em 2002, depois de mais de 10 anos afastado dos estúdios, ele lançou um novo álbum, “Auto-fidelidade” com músicas em parceria com Erasmo Carlos, Bernardo Vilhena e Nelson Motta.

Em 2008, Ritchie fundou seu próprio selo e gravadora, a PopSongs, e lançou, em julho de 2009, o CD, DVD e Bluray independente, “Outra Vez”, com regravações de seus maiores sucessos, além de duas faixas inéditas.

Redação

A Pró-TV – Associação dos Pioneiros, Profissionais e Incentivadores da Televisão Brasileira surgiu em 21 de agosto de 1995. Sua finalidade é preservar a memória da radiodifusão nacional e congregar toda classe que representa. Objetiva a criação do Museu do Rádio, da Televisão e das Novas Mídias (também chamado de “Museu da TV”).

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais