PRÓ-TV

Por onde anda Maria Luiza Castelli?



Aos 84 anos de idade a gaúcha Maria Luiza Castelli deixou a carreira artística em 1993 depois de participar do filme “Capitalismo Selvagem”. Hoje se dedica aos filhos e aos netos depois de organizar muitas palestras para pessoas da terceira idade.

Maria Luiza Castelli começou sua carreira na TV Piratini, de Porto Alegre, vencedora de um concurso para novas atrizes. Veio para São Paulo no início da década de 1960 e logo foi para a TV Tupi, onde estreou na novela “O Segredo de Laura”.

Na TV Tupi ela esteve em nove novelas, entre elas nos sucessos “O Direito de Nascer” e “Antônio Maria”. Em 1969 se transferiu para a TV Globo, onde ficou famosa nacionalmente em papéis importantes em novelas como “Cavalo de Aço”; “Os Ossos do Barão” e ”Corrida do Ouro”.

Em 1976 ela voltou para a TV Tupi e atuou em: “Xeque Mate”; “O Julgamento” e “Éramos Seis”. Passou pela TV Bandeirantes onde fez: “Pé de Vento” e “Rosa Baiana”.

Maria Luiza Castelli participou também de minisséries na TV Cultura, nos anos 1980 e depois passou pelo SBT, onde fez “A Justiça de Deus” e “Vida Roubada”. A atriz também esteve em seis filmes, os mais famosos, “O Bem Dotado, o Homem de Itu” ao lado de Nuno Leal Maia e “As Aventuras de Mário Fofoca” com Luis Gustavo.

Em 1985 ela participou do elenco do seriado “Joana”, estrelado por Regina Duarte e depois resolveu se dedicar só a família, deixando enorme saudades do seu talento.

Redação

A Pró-TV – Associação dos Pioneiros, Profissionais e Incentivadores da Televisão Brasileira surgiu em 21 de agosto de 1995. Sua finalidade é preservar a memória da radiodifusão nacional e congregar toda classe que representa. Objetiva a criação do Museu do Rádio, da Televisão e das Novas Mídias (também chamado de “Museu da TV”).

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais