PRÓ-TV

A morte da pioneira Márcia Real



A pioneira atriz Márcia Real nos deixou no último dia 15 de março, aos 88 anos de idade. Ela estava com o Mal de Alzheimer e seu corpo foi enterrado no Cemitério São Paulo no dia seguinte.

Márcia Real era o nome artístico de Eunice Alves, que além de atriz foi também dubladora e apresentadora. Ela começou sua carreira na Rádio Tupi e depois passou para a TV Tupi, em setembro de 1950, quando a primeira emissora de televisão foi inaugurada.

Márcia foi apresentadora do programa “Clube dos Artistas”, ao lado de Airton Rodrigues, nos primeiros anos da atração da TV Tupi.

Fez inúmeras novelas na TV Tupi, na Bandeirantes, na Cultura, na Globo e na TV Record. Ganhou o Troféu Imprensa como melhor atriz do ano em 1961. Ganhou o prêmio da crítica especializada como melhor atriz coadjuvante em 1979 por seu papel como dona Idalina na novela “Gaivotas” da TV Tupi.

Na TV Globo, atuou em novelas como “Bebê a Bordo”; “De Corpo e Alma” e “Quatro por Quatro”.  Seu último trabalho na TV foi no “Senta que lá vem comédia” da TV Cultura em 2005.

No cinema fez vários trabalhos com o ator David Cardoso e atuou no filme “Avassaladoras”, em 2002, ao lado de Giovanna Antonelli.

Redação

A Pró-TV – Associação dos Pioneiros, Profissionais e Incentivadores da Televisão Brasileira surgiu em 21 de agosto de 1995. Sua finalidade é preservar a memória da radiodifusão nacional e congregar toda classe que representa. Objetiva a criação do Museu do Rádio, da Televisão e das Novas Mídias (também chamado de “Museu da TV”).

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais