PRÓ-TV

Morre o polêmico Gil Gomes



O jornalista e repórter policial Gil Gomes morreutre 1991 e 1997 aos 78 anos de idade, em sua casa, no bairro Jardim da Saúde, na Zona Sul da capital paulista, vitimado por complicações de um câncer.

Gil Gomes se tornou nacionalmente conhecido por suas crônicas policiais no rádio e, posteriormente, como o principal repórter policial do programa “Aqui Agora” no SBT.

No programa jornalístico do SBT, exibido entre 1991 e 1997, Gil Gomes abusava dos gestos e da voz, dando uma grande dramaticidade para os fatos que narrava.

Ele foi um fenômeno no rádio e na TV e se afastou de ambos em 2005 quando foi diagnosticado com o Mal de Parkinson. Voltou à TV no ano passado como comentarista de uma telejornal produzido pela Ultrafarma e levado ao ar na Rede TV e na TV Gazeta.

Gil Gomes deixa esposa, quatro filhos e quatro netos.

Redação

A Pró-TV – Associação dos Pioneiros, Profissionais e Incentivadores da Televisão Brasileira surgiu em 21 de agosto de 1995. Sua finalidade é preservar a memória da radiodifusão nacional e congregar toda classe que representa. Objetiva a criação do Museu do Rádio, da Televisão e das Novas Mídias (também chamado de “Museu da TV”).

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais