< BIOGRAFIAS | VOLTAR

KATE LYRA

BIOGRAFIA DE KATE LYRA PARA O MUSEU DA TELEVISÃO BRASILEIRA

 Kate Lyra é o nome artístico de Katherine Lee Riddell Caughey de Barbosa Lyra. Nasceu na cidade americana de Ray, em 3 de julho de 1949. Ainda que nascida nos Estados Unidos, ela fez carreira no Brasil.

Kate casou-se com o  músico Carlos Lyra e radicou-se no Brasil,  em 1960. Desde 1970, trabalhou aqui e participou de humorísticos como :"Planeta dos Homens", na Rede Globo e "Praça da Alegria",da Rede Record. Ela  reavivou um bordão criado antigamente pela atriz Jacqueline Myrna, que é:"Brasileiro é Tão Bonzinho.....", fazendo o mesmo personagem. Foi por essa época que Kate começou sua carreira como atriz de cinema. Fez então:" Um Edifício Chamado 200", de Carlos Imperial, que aconteceu em 1973 e "Banana Mecânica", em 1974.

Em1980, Kate Lyra conheceu Walter Hugo Khoury. Sua carreira então se desviou , e entrou para o cinema mais denso, como é o diretor.Em 1978, ela fez:" O Prisioneiro do Sexo".Em 80:" Convite ao Prazer" e em 81:  "Eros, O Deus do  Amor"; E nesse mesmo ano:" Mulher Objeto",de Sílvio de Abreu.

A filmografia de Kate Lyra é grande. Além dos filmes já citados acima, ela fez: "Signo de Escorpião", em 1974.Fez:"A Extorsão", em 1975."Nos Tempos da Vaselina", em 1979. No mesmo ano:"Uma Fêmea do Outro Mundo"."Jogo da V ida", em1981. "Ninho da Serpente", em 1982." Kickboxer 3:The Art Of War", em 1992. " Bossa Nova", em 2000." My Father, Rua Alguém 5555", em 2003  e ainda fez:"Sou Feia, Mas Estou na Moda".

Kate Lyra além de atriz, tornou-se roteirista de cinema. Trabalhou com Sérgio Bianchi e ganhou o Prêmio APCA, como roteirista, com o filme:" A Causa Secreta".

Voltando a televisão, Kate esteve também na novela "Ninho da Serpente" (Band / 1982).

Nos anos 2000, após mais de duas décadas afastada das telinhas, fez algumas participações especiais em seriados da Globo e também esteve nas novelas "Amor e Intrigas" ( Record / 2007) e "Passione" (Globo / 2010).