< BIOGRAFIAS | VOLTAR

ÂNGELA LEAL

BIOGRAFIA DE ÂNGELA LEAL PARA O MUSEU DA TELEVISÃO BRASILEIRA

 Ângela Leal nasceu no Rio de Janeiro, capital, em 8 de dezembro de 1947. Grande atriz, dedica-se quase sempre a papeis fortes, diferentes. Sua carreira dividiu-se em cinema e televisão. Teve início em 1970, na Rede Globo de Televisão, quando ganhou um papel na novela de sucesso:"Irmãos Coragem". Continuou por bastante tempo na mesma emissora, e fez:"O Homem que Deve Morrer"; "Selva de Pedra"; "O Semideus";"Gabriela"; "Vejo a Lua No Céu";"Escrava Isaura";"Dona Xepa";"O Astro";"O Bem-Amado";"Água Viva";"Sétimo Sentido";"Quem Ama Não Mata";"Roque Santeiro";"Tenda dos Milagres".

 Ao mesmo tempo em que fez essas grandes novelas na Globo, apareceu em diversos filmes, desde 1976. Fez:"Fogo Morto";"O Casal"; "Muito Prazer";"Perdoa-me por me Traíres" e "BuBuBu no Bobobó", esses dois últimos no ano de 1980.

Quando foi o ano de 1986, Ângela Leal foi para a Rede Manchete de Televisão. Foi uma época em que essa emissora deu um salto,no que se refere à dramaturgia. E Ângela participou das novelas:"Novo Amor"; "Raínha da Vida";que foi uma minissérie, "Pantanal", que foi enorme sucesso , "A História de Ana Ráio e Zé Trovão";"Guerra Sem Fim";"Xica da Silva"; "Mandacaru". Foi uma época de  ouro, para a Manchete.

Depois dessa fase de Manchete, Ângela Leal voltou à Rede Globo e participou da minissérie:"Chiquinha Gonzaga"; e das novelas:"Vidas Cruzadas" e "Páginas da Vida". Essa novela foi em 2006 e no mesmo ano, a atriz fez o filme:"Zuzu Angel". Em 2007, esteve também em"Sete Pecados".

No mesmo ano, transferiu-se para a Rede Record e fez as novelas "Amor e Intrigas" (2007), "Bela, a Feia" (2009) e a minissérie "Rei Davi" (2012).

Em 2013, atua como protagonista da novela "Dona Xepa", também na Record.

Considerada uma grande atriz, Ângela Leal é também mãe de Leandra Leal, outra grande atriz e dizem que, após a ascensão artística da filha, Ângela  deixou de lado sua própria carreira, para cuidar mais da de Leandra. Mas, assim mesmo, continuou recebendo bons papéis e sendo muito considerada.