PRÓ-TV


VINICIUS DE MORAES


Viniciusde Moraes, cujo nome completo é Marcus Vinicius da Cruz Mello de Moraes,nasceu em 19 de janeiro de 1913, na cidade do Rio de Janeiro.

Era filho deClodoaldo Pereira da Silva Moraes,funcionário público e de dona Zilda Cruz deMoraes, pianista amadora. Ele nasceu no bairro da Gávea, e em 1916 mudou-se paraBotafogo, tendo estudado na Escola Primária Afrânio Peixoto. A famíliamudou-se para a Ilha do Governador, mas ele permaneceu ali, morando com aavó,indo para casa nos finais de semana, onde sempre recebiam a visita deHenrique de Mello Morais, o compositor Bororó, que era seu tio.

Vinicius entrouno Colégio Santo Inácio, em 1924. e já fazia seus primeirosversos,cantava no coro e começou a montar pecinhas de teatro. Em 1933 publicouseu primeiro livro de poemas: “O Caminho da Distância”. Tornou-seentão amigo dos irmãos Tapajós, Paulo e Haroldo, e , junto com eles, faziacomposições e apresentava-se em casa de amigos. Levava jeito e gostava dacoisa, aliás, das duas coisas: escrever e cantar. Antes de 1930,já havia feito letra para 10 canções dos Tapajós, que foram gravadas,entreas quais;”Canção da Noite”; “Canção para Algúem”. Em1929, ingressou na Faculdade de Direito do Catete e tornou-se amigo deOtávio Farias, escritor, que o incentivou à carreira literária.Vinicius formou-se em 1933. Três anos depois, conseguiu emprego de censor, noMinistério da Educação e Saúde. E dois anos depois, recebeu bolsa paraestudar em Oxford.

Em 1946, assumiu o posto de vice-cônsul , em Los Angeles.Em 1950, sempre na carreira diplomática, estava em Paris eRoma, onde conheceu e ficou amigo de Sérgio Buarque de Holanda. Era outracoisa , para a qual tinha inclinação: fazer amigos. Sua carreira musicalcomeçou a deslanchar e em 1954, ficou conhecido pela sua peça:”Orfeu daConceição”. Mas ele não deixou a diplomacia, o teatro, os livros. Emmeados de 50, conheceu Tom Jobim. E esta foi uma amizade marcante e eterna.Foi operíodo áureo da MPB e nada menos que 60 músicas suas foram gravadas. E elefez parcerias com Carlos Lyra, Francis Hime, Baden Powel, além de Tom Jobim.Começou a ser chamado de “o poetinha”. Além de letras de músicas, o”poetinha”publicava livros de versos.Havia publicado: “Forma eExegese”, que ganhou prêmio ; “Ariana, a Mulher”, “CincoElegias”; “Poemas, Sonetos e Baladas” Vinícius de Moraestambém publicava crônicas em jornais, e junto com Alex Viana, lançou arevista “Filme”. Em 1947, lançou em Barcelona o livro:”PátriaMinha”. Quando de volta ao Brasil, colaborou com o jornal:” ÚltimaHora”.

Em 1953, Aracy de Almeida gravou seu primeiro samba, quefoi em parceria com Antônio Maria, “Quando Tu Passas Por Mim”. Em1954, Aracy gravou:” Dobrado de Amor a São Paulo”, também , deAntônio Maria e Vinicius. E , nesse mesmo ano, publicou o livro,que ficou famoso: “Antologia Poética”. Com Tom Jobim , ele gravou:” Lamento do Morro”; Se Todos Fossem Iguais a você”; “UmNome de Mulher”;”Mulher, Sempre Mulher”; “Eu e Você”;”Chega de Saudade”; “Eu sei que Vou te Amar”;”Felicidade”, “Garota de Ipanema”; “Insensatez”, emuitas outras. Em 1957, o diretor de cinema francês Marcel Camus, filmou, no Rio de Janeiro:”Orfeu Negro”, com colaboração de Vinícius. Esse filmeganhou a Palma de Ouro, do Festival de Cannes, e o Oscar de Melhor FilmeEstrangeiro.

São ainda composições da parceriaVinícius e Tom:”Canção do Amor Demais”; Luciana”;”Estrada Branca”. e muitas outras. Inúmeros outros cantoresgravaram suas músicas.Fez parceria também com Chico Buarque de Holanda,com as músicas: “Garoto”; “Gente Humilde”. Com Baden Powellfez: “Berimbau”; “Mulher Carioca”; “Samba emPrelúdio”, entre outras.

Em 1968, após 26 anos de carreiradiplomática, Vinícius foi aposentado pelo Ato Institucional nº 5, o queo magoou profundamente.

Em 1970, Vinícius conheceu Toquinho, oviolonista e cantor, que com ele ficou até o fim de sua vida. Dessaparceria nasceram clássicos, como :”Tarde em Itapoã”; “ComoDizia o Poeta”;”Testamento”;”A Rosa Desfolhada”;”Morena Flor”; “Para Viver um Grande Amor”;”As Cores deAbril”; “Como ë Duro Trabalhar” e outros. Em 1978, foi lançado:”Vinícius e Amália”, disco gravado em Lisboa, após show deVinícius e a cantora portuguesa Amália Rodrigues. No mesmo ano , veio apublico: “10 Anos de Toquinho e Vinícius”, coletânea da década.Em1980, foi lançada:”Arca de Noé”, com a participação de várioscantores convidados.

Na madrugada de 9 de junho de 1980,Vinícius de Moraes começou a passar mal, na casa em que estava morando naGávea, Rio. Ao seu lado estava o amigo e parceiro Toquinho, além de seusfamiliares. Ele veio a falecer pouco depois.

Vinícius de Moraes casou-se 9vezes, deixando filhos e inúmeros amigos, e todos o achavam o poeta do amormaior.

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais