PRÓ-TV


VICTOR COSTA


Victor Costa em verdade sechamava Victor Petraglia Geraldini. No início sua carreira, aindaque ligada às artes, foi profundamente humilde. Ele era “ponto “deteatro. Ponto é aquela pessoa que, dentro de um espaço escondido, acompanha oscript e lê para os atores as falas que forem esquecidas. Jamais aparece. E foiassim que Victor Costa começou: servindo, ajudando, percebendo desde logo ovalor do trabalho em equipe.

Depois passou para o rádio, foi ser radiatore em seguida diretor de novelas, na famosa Rádio Nacional do Rio de Janeiro, aúnica que era ouvida em todo o país. Sua garra e sua inteligência o alçaramentão ao topo da emissora. E ele passou à Direção Geral. Em 23 deagosto de 1951, o então Presidente da República, Getúlio Vargas,outorgou a Medalha de Guerra “por relevantes serviços prestados aoBrasil”, ao cidadão Victor Petraglia Geraldini. Ele era, naocasião, diretor geral da Rádio Nacional, emissora líder do Brasil, quer comoprestígio, quer como audiência. Isso facilitou a ele contato comautoridades dos meios civis e militares. Foi isso que culminou com aimplantação da OVC(Organização Victor Costa). Em 1952 foi inaugurada a TVPaulista, que foi a segunda emissora de São Paulo, e a terceira do Brasil. Eele inaugurou também a Rádio Nacional de São Paulo ( atual Rádio Globo) eRadio Excelsior( atual CBN- São Paulo).

A TV Paulista era de propriedade doDeputado Federal Ortiz Monteiro . Victor Costa a comprou em 1955. Aemissora, que ficava num prédio de apartamentos, em local bastante exíguo, naRua da Consolação, passou então para a Rua das Palmeiras, sendo que asemissoras de rádio foram pra a rua Sebastião Pereira, na mesma regiãode São Paulo. E lá havia um grande auditório, que muitas vezes foi utilizadopela televisão, em programas como: “A Praça da Alegria”. Em1959, Victor Costa conseguiu a concessão do canal 9, que foi depois vendido`aoGrupo Wallace Simonsen, que a transformou em TV Excelsior e que foi inauguradaem 1960. Victor Costa ainda foi o fundador da AESP( Associação das Emissorasde São Paulo), sendo que essa associação contribuiu muito para asfestividades, quando do IV Centenário de São Paulo, em 1954. Foi ele tambémagraciado pelo Presidente Juscelino Kubistcheck, com Medalha de PrataSantos Dumont.

A Organização Victor Costa foi a segundarede de comunicações do país, depois apenas das Emissoras e DiáriosAssociados, de Assis Chateaubriand.

Victor Costa residia no Rio deJaneiro, estando,porém, sempre em São Paulo. Sua residência era na LagoaRodrigo de Freitas, onde havia um famoso e deslumbrante viveiro depássaros.

Entretanto foi em São Paulo que eleadoeceu. e no Hospital Beneficência Portuguesa que veio a falecer, vítima decâncer, em 22 de dezembro de 1959. Seus funcionários, porém, fizeram questãode velar seu corpo, num estúdio grande da TV Paulista,durante oPrograma:”Câmera Um”, de Jacy Campos. Ele era muito amado e foipranteado por todos, desde as mais altas autoridades, aos mais humildesfuncionários.

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais