PRÓ-TV


VICENTE PAIVA


O nome completo de Vicente Paiva era Vicente Paiva Ribeiro. Ele nasceu em 18 de abril de 1908 e faleceu , no Rio de Janeiro, em 18 de fevereiro de 1964.

Vicente Paiva era pianista, cantor, compositor,arranjador e maestro brasileiro.Era pai da grande vedete brasileira Dayse Paiva.

Como músico:Começou em São Paulo, na cidade de Santos, em 1929. Depois seguiu para o Rio de Janeiro, onde inicialmente tocou na Orquestra de Simon Boutman. Foi diretor musical do CASSINO DA URCA, de 1934 a 1945, época dos grandes shows da noite carioca. Foi diretor musical da orquestra da Companhia de revistas de Walter Pinto de 1945 a 1952 e musicou ainda outras peças de teatro de revista.

Na década de 50, a orquestra de danças de Vicente Paiva era das mais solicitadas no Rio de Janeiro e a que atuava nos bailes tradicionais, como os do Clube Higth –Life, principalmente no carnaval.

Como cantor:Estreou como cantor, em 1929, gravando os sambas: “ Beijar Não É Pecado”, na Companhia Victor e “ Mulher” Em seguida,gravou ainda:” Machuca”, música de Donga e de Chocolate, que fez sucesso. E fez outras gravações como cantor.

Como compositor: Em 1935, compôs, com Nelson Barbosa: , a marcha: “ O Cordão da Bola Preta”, que na época ganhou o apelido de: “ Segura a Chupeta”.

Gravou também:” Bahia, oi Bahia”; “ Diz que Tem”, “ Voltei Pro Morro”, “ Disseram que Voltei Americanizada”, (que foi sucesso de Carmem Miranda), “ Tudo É Brasil”, “Exaltação à Bahia” e outros. São de 1951, suas gravações de maior sucesso, na voz de Dalva de Oliveira. Entre elas: “ Ave Maria” e “ Olhos Verdes”. Dez anos mais tarde, Vicente Paiva participou do Festival de Berlim, na República Federal da Alemanha.

Seu maior sucesso:Seu maior sucesso foi a música: “ Mamãe eu Quero”, que foi gravada por seu parceiro Jararaca e que é cantada até hoje em todos os carnavais do Brasil e é conhecida também em várias partes do mundo.

Morte: Vicente Paula faleceu no Rio de Janeiro, em 1964. Estava com apenas 52 anos de idade. Ele foi muito pranteado, mas jamais esquecido.

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais