PRÓ-TV


MOACIR SANTOS


Moacir Santos nasceu em 11 de julho de 1926, em Serra Talhada, que à época se chamava Vila Bela. no sertão pernambucano.

Iniciou sua carreira na própria terra natal, e fazia parte de bandas. Quando começou tinha apenas onze anos de idade. Mas em 1940, mudou-se para o Rio de Janeiro e conseguiu trabalho na Rádio Nacional. Ficou logo conhecido por seu virtuosismo no saxofone, no piano, na clarineta, no trompete, no banjo, no violão e também na bateria.

Moacir Santos nasceu realmente para a música. Ele fez músicas de todos os tipos, inclusive como parceiro de Vinícius de Moraes, que o homenageou no samba: ” Canção da Benção”, em que diz: “Moacir Santos, tu que não és um só, mas tantos, como este meu Brasil de todos os santos”.

Na Rádio Nacional Moacir ficou 19 anos, como músico da orquestra e depois como maestro da orquestra. Além disso, certamente para completar o salário, dava aulas de música, de vários instrumentos e de canto. Deu aula para Nara Leão, Sérgio Mendes, João Donato, Paulo Moura,Roberto Menescal, Carlos Lyra, Nelson Gonçalves, e muitos outros. Foi assistente do do compositor alemão Hans Joachim Koellreuter.

Depois de um bom período no Rio, Moacir mudou-se para São Paulo. e regeu a orquestra a TV Record . Foi então convidado para ir aos Estados Unidos e lá ficou morando e trabalhando por oito anos, em Los Angeles. Fez músicas para filmes e ganhou prêmio ao musicar o filme: ” Amor no Pacífico”.

O seu primeiro disco chamou-se : ” Coisas”, e foi lançado em 1965. E outras composições suas mais conhecidas, são: ” Saudade”, ” Triste de Quem”, ” Se Você Disser Que Sim”, ” Menino Travesso”, ” Carnival of the Spirits”, ” Opus 3 nº 1″, ” The Maestro”, Nanã” e vários outros.

Moacir Santos é tido como o maior mestre da renovação harmônica da música popular brasileira.

Ele recebeu inúmeros prêmios e é considerado um dos músicos mais importantes de todo o século XX.No final da década de 1990, recebeu medalha Ordem do Rio Branco, honraria concedida pelo presidente da República.

Moacir Santos faleceu em 18 de julho de 2008, uma semana após ter completado 80 anos.

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais