PRÓ-TV


MIRA HAAR


A atriz Mira Haar nasceu em Curitiba/PR no dia 8 de outubro de 1953. Ela ficou conhecida do grande publico ao viver a “mãe do Lucas Silva e Silva” no antológico seriado da TV Cultura, “No Mundo da Lua”.

Mira é uma das fundadoras da conceituada companhia teatral Pod Minoga, de São Paulo, por onde passaram nomes como Dionisio Jacob, Cristina Mutarelli, Carlos Moreno, Ary França e Iara Jamra.

Mira Haar é atriz, diretora, figurinista e artista plástica. Como integrante do Pod Minoga, nos anos 1970, desenvolveu trabalhos coletivos de criação de textos, interpretação, confecção de figurinos e cenários.

Recentemente escreveu e atuou em “Mammy Vai à Lua”, com direção de Elias Andreato e Patrícia Gasppar. Em cinema, atuou em “Asa Branca, um Sonho Brasileiro” e “Brasa Adormecida”, ambos de Djalma Baptista; “Das Tripas Coração”, de Ana Carolina; “Fogo e Paixão”, de Isay Weinfeld e Marcio Kogan; “Anjos da Noite”, de Wilson Batista, entre outros.

Dirigiu, entre outros, os espetáculos: “Cabine do Destino”, com a Cia. Delas de Teatro; “Onde está Nino? – Teatro do Castelo Rá Tim Bum”; e “Filho de Artista” (Prêmio Mambembe de Melhor Direção).

Entre suas últimas criações como figurinista destacam-se: “Aqui Quase Longe”, “Uma Mulher Vestida de Preto”, “Victor ou Vitória”, “Burundanga”, “Cabine do Destino”. E as óperas: “I Pagliaci”, “Madame Butterfly”, “La Traviata”, “Contos de Hoffmann”, com direção de Jorge Takla e “Pelleas et Melisande”, dirigida por Marcio Aurélio.

Na TV participou também das minisséries “Máfia no Brasil” e “Abolição”, na TV Globo. Em 2011, esteve na série “Mulher de Fases”, para o canal a cabo HBO. Mira esteve também no elenco da novela “Cúmplices de Um Resgate”, do SBT.

A atriz foi casada com o autor, diretor e ator Flávio de Souza.

 

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais