PRÓ-TV


MARINA MOTA


O nome completo de Marina Mota é Marina da Conceição Ribeiro Mota. Ela nasceu em Lisboa, capital de Portugal, em 7 de outubro de 1962. É atriz, produtora e cantora. É humorista muito conhecida em Portugal.

Suas atuações acontecem na televisão, em teatro e em cinema.. Ela foi casada com o ator Carlos Cunha.

Em teatro, Marina Mota fez uma importante carreira no teatro de revista. Nessas peças, além de representar,Marina cantava. Sua voz melancólica e forte agradava a todos. Ela chegou a cantar no “Festival RTP da Canção”. Também gravou vários CDs de fados. Em 2006, lançou o trabalho discográfico, intitulado: “ Estados D’Alma”. Em 2007, depois de vários anos de ausência em teatros de revista, voltou e participou da revista “ Hip Hop’ Arque”, no Teatro Maria Vitória. Na ocasião, a atriz foi também encenadora e produtora.

Deve-se notar, que Marina Mota, além de atriz, exerce outras funções e é cantora conceituada.

Seu começo em teatro, foi em 1982, em : “ Chá e Porradas”. Em 83, fez: “Sempre a Aviar” e ainda: “ Quem me Acaba o Resto”. Em 84: “ O Bem Tramado”. Em 85: “ Não Batam Mais no Zezinho”, Em 86: “ Isso é Maria Vitória”. Em 87, atuou em duas peças: “ Escrita em Dia” e “ Toma Lá Vitória”. Em 88: “ A Prova dos Novos”. Em 90: “ Vitória, Vitória”. Em 96: “ Ora Bolas Pró Parque”; Em 2007: “ Hip Hop’Arque”; Em 2008: “ Piratada à Portuguesa” e em 2010: “ 3 em Lua de Mel”.

Em televisão, Marina Mota começou em 1989, fazendo : “ Canto Alegre”, na RTP. Na mesma emissora, em 90, fez: “Marina, Marina”, De 93 a 95, na SIC, fez: “ Ora Bolas Marina”. Em 96, ainda na SIC, atuou em “Barba e Cabelo, “ Marina Dona Revista” , “ Cuidado Com o Fantasma” e “ Era Uma Vez”. Na mesma emissora, em 98 e 99, fez: “ Um Sarilho Chamado Marina”. Em 2000, mudou- se para a TV! E entrou na novela: “ As Pupilas do Senhor Reitor”. No mesmo ano e na mesma emissora, fez: “ Bora Lá Marina”. Em 2007 e 2008, atuou em : “ Fascínios”. Em 2010, passou para a RTP e fez: “ Gala de Humor de Fim de Ano”. Em 2011, Marina Mota mudou-se para o Brasil e entrou na novela da Rede Globo de Televisão: “ Aquele Beijo”, de Miguel Falabella.

Em cinema, a atriz fez bem mais do que vinte filmes, sendo eles: “ Um Crime de Luxo”; “ Meu Nome”; “ Boneca”;” Fados”; “ Símbolos da Liberdade”; “ Amor de Neta”; “ Só Lisboa”; “ Ferro Velho”; “ Não Batam Mais no Zezinho”; “ Partir de Mim”,” Teu Corpo, Minha Lei”; “ Fado Vitória”; “ Coisas do Amor”; “ Marina Mota Encanta”, “ O Melhor dos Melhores” e “ Estados D’Alma”.

Projetos especiais, em que Marina Mota, a atriz portuguesa consagrada, teve participações especiais. Foram eles:” As Nossas Estrelas”; “ A Grande Noite”; “Mundo Vip”;” Bem Vinda Marina”; “ Herman”; “ Dança Comigo”; “ Inauguração do Mundo e de Portugal” e “ Nico à Noite”.

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais