PRÓ-TV


MARIA VALÉRIA


A atriz Maria Valéria tem como nome civil é Geni Stolarczuk. Ela nasceu a 15 de julho de 1940, na cidade de Curitiba, capital do Paraná. Aos 10 anos a menina mudou-se para São Paulo com sua família. Foi m orar em Moema. Estudou no Colégio Macedo Soares. E começou a trabalhar bem cedo, para ajudar a família, num consultório dentário, como auxiliar do dentista. Mas, em verdade, em seu coração havia o desejo oculto de ser artista.

Estava Geni com catorze anos, quando leu o anúncio sobre a Academia ART, de Vida Alves e Célia Rodrigues, que se destinava a trabalhar futuros integrantes como profissionais de rádio e televisão. Geni se apresentou e começou seus estudos práticos e teóricos, que a tornaram apta a prestar teste para as Emissoras Associadas de Rádio e Televisão. Foi bem no teste, passou e foi logo contratada para ser atriz de novelas de rádio e anunciadora.Começou então sua carreira.

Isso aconteceu nas Rádios Tupi de Difusora de São Paulo. E o primeiro programa a que Maria Valéria foi indicada foi o: ” Encontro das Cinco e Meia”. Era um programa de rádio, criado por Cassiano Gabus Mendes, que na ocasião era dirigido pelo produtor e diretor Mario Fanuchi. Foi ai que nasceu o nome: Maria Valéria.Era um programa romântico, para o qual escreviam vários autores. Às vezes era o próprio Cassiano Mendes, às vezes Clenira Michel, ou Vida Alves, ou Teixeira da Silva. Mas era um programa bem assistido na emissora.

Maria Valéria também entrou para a televisão. Foi escalada muitas vezes para o programa mais importante da casa, que era o ” TV de Vanguarda”, dirigido por Walter G. Durst. protagonizou a peça: ” Inocência”, produzido e dirigido pelo mesmo. Também fez muitos ” TV de Comédia”, que fazia rodízio com o ” TV de Vanguarda” e ia ao ar quinzenalmente. Nesse programa, Maria Valéria, fez, outras outras, as peças: ” Iaiá Boneca”, ” Manhãs de Sol”, ” Não Saias Esta Noite” e inúmeras outras. Fez ainda os programas: ” Contador de Histórias”, que também era escrito e dirigido por vários e importantes escritores da casa, como Túlio de Lemos, Vida Alves, Ribeiro Filho.

Na década de 60, a bonita e meiga Maria Valéria voltou a ser Geny Stolarczuk, pois se casou com o colega Humberto Pucca e dirigiu-se só a vida do lar, ao casamento e aos filhos. Agora ela é Geny Stolarczuk Pucca.

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais