PRÓ-TV


MARIA ISABEL DE LIZANDRA


Maria Isabel de Lizandra nasceu em São Paulo, em 1945.

Fez parte de novelas da TV Tupi, Excelsior, Record, Globo, Manchete, CNT, Cultura e Bandeirantes. Em resumo: esteve em todas. Ainda tinha 20 anos quando apareceu na TV Tupi, e participou da novela: “Se o Mar Contasse”. Depois foi para a TV Record e fez: “Somos Todos Irmãos”.

Em seguida encaminhou – se para a TV Excelsior, que estava despontando com as grandes novelas e Maria Izabel fez: “As Minas de Prata”; “Anjo Marcado”; “O Tempo e o Vento”; “A Muralha”; “Dez Vidas”; “A Menina do Veleiro Azul”. Intercalou com participações de “Os Miseráveis”, na TV Bandeirantes e “As Bruxas”, na TV Globo. Depois passou um longo tempo na TV TupiI de São Paulo, onde esteve de 1971 a 1979. Fez: “Hospital”; “Na Idade do Lobo”; “Camomila e Bem – Me – Quer”; “Mulheres de Areia”; “O Machão”; “Vila do Arco”; “Xeque – Mate”; “Éramos Seis”; “Salário Mínimo”; “Cara a Cara”.

Depois fez na TV Cultura: Vento do Mar Aberto”; “Partidas Dobradas”; “Tronco do Ipê”; “Nem Rebeldes, Nem Fiéis”. Depois Maria Izabel de Lizandra foi para a Globo fazer: “Moinhos de Ventos”; “Champagne”; “Tenda dos Milagres”. Depois foi para a Manhete e ali fez: “Dona Beija”. A seguir na Rede Globo fez: “Vale Tudo; “Pacto de Sangue”. E na Manchete fez ainda: “Filho do Sol”. Por fim fez: “Por Amor e Ódio”, minissérie da C.N.T, com direção de Atílio Riccó. Bonita, morena, boa atriz, esteve em todas as emissoras e foi sempre querida, quer pelos fãs, quer pelos colegas onde esteve.

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais