PRÓ-TV


MARCOS ZAGO


Marcos Antônio Zago é conhecido por Marcos Zago . Ele nasceu em 22 de outubro de 1951, em Atibaia, São Paulo. Em 1972, quando estava no último ano da Escola Superior de Propaganda e Marketing ganhou um estagio na TV Tupi, coisa rara naqueles tempos. Foi então para a televisão e nunca mais saiu.

Passou na sabatina com Walter Forster e já começou trabalhando em especiais de Fernando Faro, Bernardo Federowsky, Daniel La Forte e Antonino Seabra. Participou  da produção do  “Tup Tup Show”, dirigido por Dayse Rebello, também no”Domingo Total Erontex” com Blota Junior. Coordenou o vespertino “Agora Ao Vivo”. Fez produção e direção da”Sessão Patota”.

Em 73, foi enviado para ser diretor de programação da Emissora Associada de Curitiba. Em 75, voltou para a Tupi de São Paulo, e participou da linha de shows, que era dirigida por Mário Wilson e depois por Solano Ribeiro. Fez produção e direção de “Gente Inocente”e do “Jet Music”, que foi um programa pioneiro na exibição de videoclipes na televisão. Depois Zago foi promovido a chefe do departamento de chamadas e aberturas da Rede Tupi. Mesmo assim ainda fazia edição dos programas “Circus” e “Universo XXI”.

Em 78  foi coordenador do Núcleo II de novelas.onde fez a produção de “O Direito de Nascer”, na sua segunda versão na Tupi. Com a emissora em crise saiu de lá e passou meses em Cuiabá, reorganizando o Canal 8 local. Depois foi para Campo Grande, para montar um novo canal na cidade. Voltou para São Paulo e em 81, foi para a TV Bandeirantes.

Começou na área comercial, mas logo passou a Gerente de Programação. Foi supervisor de várias áreas: Exibição, Chamadas e Aberturas, Arte, Cinema, Videoteca, Divulgação, Propaganda e Promoção. Participou da implantação do sistema de transmissão por satélite, do qual a Bandeirantes foi a pioneira.

Marcos Zago fazia também a supervisão das transmissões musicais internacionais da Bandeirantes e assim esteve a frente dos especiais de Tina Turner, Nelson Mandela, Rolling Stones em Atlantic City e muitas montagens no “boom “do rock dos anos 80: Menudo, Police, Madonna, Prince, e vários outros. Fez também a direção de vários especiais:”As Mais Mais de 89”; “As Mais Mais de 90”; “As Mais Mais de 91;”Jane Duboc; “The Platters no Brasil”; “Billy Mitchell”, etc.

Em 1990, assumiu a Direção Executiva de Programação da Rede Bandeirantes. Em 93, passou para a TV Manchete, onde foi Diretor Nacional de Programação. Em 99 estava na equipe que montou e lançou a RedeTV.

Em 2000, voltou ao grupo Bandeirantes para dirigir o programa “Clássicos” no Canal 21, do grupo. Mais tarde passou para a função de diretor de programação da, já então, Rede 21.

Em 2006 foi para a área de programação da Band.

Marcos Zago é um colega querido por todos e faz parte da diretoria da Pró-TV, Associação dos Pioneiros da Televisão Brasileira.

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais