PRÓ-TV


JONAS MELLO


Jonas Mello nasceu em São Paulo, num dia 20 de outubro de 1937. Está na televisão desde 1966, tendo participado de inúmeras telenovelas, nas principais emissoras do Brasil.

Iniciou em 1969, na novela “A Cabana do Pai Tomás”, da TV Globo. Depois foi para a TV Record, aonde fez “Os Deuses Estão Mortos” (1971), “Sol Amarelo” (1972), “O Tempo Não Apaga” (1972), “O Leopardo” (1972), “Vendaval” (1973) e “Vidas Marcadas” (1973). Depois, na TV Tupi, fez “Os Inocentes” (1974), “Meu Rico Português” (1975), “Os Apóstolos de Judas” (1976), “Um Sol Maior” (1977) e “João Brasileiro, O Bom Baiano” (1978).

Em 1979, voltou para a TV Globo e fez “Os Gigantes”, “Chega Mais” (1980), “Coração Alado” (1981), “Baila Comigo” (1982) e “Terras do Sem Fim” (1982). No mesmo ano, foi pela a TV Cultura, onde fez “O Coronel e o Lobisomem” (1982) e “Paiol Velho” (1982).

Depois assinou com o SBT, onde fez as novelas “Conflito” (1982) e “Acorrentada” (1983). No mesmo ano, fez também “Maçã do Amor”, na TV Bandeirantes. De volta à TV Globo, fez “Partido Alto” (1984). Voltou ao SBT, fazendo “Jogo do Amor” (1985).

Em 1986, estreiou na TV Manchete, na novela “Dona Beija”. Ai então retornou novamente à Globo, atuando em “O Outro” (1987), “Bambolê” (1987), “Pacto de Sangue” (1989), “Barriga de Aluguel” (1990) e “O Portador” (1991).

Em 1996, atuou na minissérie “Irmã Catarina”, produzida pela Associação do Senhor Jesus e exibida na Rede CNT/Gazeta. Pelo mesmo canal e no mesmo ano, fez a minissérie “Ele Vive” e as novelas “A Última Semana” e “Antônio dos Milagres”. Em mais um retorno ao SBT, fez “Dona Anja” (1997). No mesmo ano, na Record, fez a novela “Por Amor e Ódio” e a minissérie “O Desafio de Elias”; e na Manchete “Mandacaru”.

Entre 1998 e 1999, fez “Estrela de Fogo”, na Record. Em 1999, fez “Suave Veneno” e “Vila Madalena” , na Globo. Em 2001, “Amor e Ódio”, SBT. Em 2003, “Canavial de Paixões”, SBT. Em 2004, voltou a Record e atuou na novela “A Escrava Isaura”. Em 2006, no SBT, fez “Cristal”. em 2010, de volta a Globo, fez uma participação especial em “Araguaia”. Em 2011, fez “O Astro”.Em 2012, “A Vida da Gente”. E em 2013, “Flor do Caribe”.

Também já fez cinema, nos filmes “O Cangaceiro” (1997) e “Lula, O Filho do Brasil” (2010); e é dublador de diversos filmes e desenhos animados.

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais