PRÓ-TV


EUGENIA DE DOMENICO


Maria Eugenia Silva de Domenico nasceu em Catanduva, interior de São Paulo, em 03 de janeiro de 1949.

Atriz formada  pela Escola de Arte Dramática (EAD) no ano de 1968 (tendo sido colega de turma de João Acaiabe e de Carlos Alberto Riccelli), fez cinema com Silvio de Abreu e teatro com Leilah Assumpção.

Estreou na televisão em 1972 na TV Record na novela “O Tempo Não Apaga”. Na TV, trabalhou na novela “Vila do Arco” em 1975, exibida pela TV Tupi, uma adaptação de Sergio Jockyman  da obra de Machado de Assis, com direção de Luiz Gallon.

Ela fez também teleteatros na TV Cultura, onde chegou a ser dirigida pelo mestre Antunes Filho, na série “Antunes em Preto e Branco”  e participou da minissérie “O resto é Silêncio” e esteve também em novelas e minisséries na TV Globo (“Anarquistas Graças a Deus”),  na TV Bandeirantes (“Os Imigrantes Terceira Geração” e “O Cometa”) e no SBT (“Razão de Viver”; “Os Ossos do Barão”; “Cristal” e “Revelação”).

No teatro participou de montagens importantes como: “O Duelo” ao lado de Antonio Fagundes e Maria Isabel de Lizandra; “A Farsa de Inês Pereira”; “Como Agitar Seu Apartamento”; “SOS Brasil”, espetáculo escrito pelo empresário Antonio Ermirio de Moraes; e “Sábado, Domingo e Segunda” ao lado do casal Nicette Bruno e Paulo Goulart. É também diretora teatral hoje.

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais