PRÓ-TV


ELAINE CRISTINA


Elaine Cristina, cujo verdadeiro nome é Julia Sanches, nasceu na capital paulista em 13 de maio de 1950. Irmã de Gilmara Sanches, logo se interessou por arte. Começou, ainda menina, como radioatriz, na Rádio São Paulo. Em 1961 participou de “A Herdeira de Ferleac”. Depois na TV Excelsior fez: “Ontem, Hoje e Sempre”, “Aquele que Deve Voltar”; “Os Diabólicos”. Em 1968 foi para a TV Bandeirantes e fez: “Era Preciso Voltar” ; “O Bolha” e “As Asas São Para Voar”.

A seguir foi chamada pela TV Tupi, onde de 1970 a 1979 participou de 12 novelas: “Hospital”, “O Preço de um Homem”; “Bel-Amy”; “Revolta dos Anjos”; “A Volta de Beto Rockefeller”; “Divinas e Maravilhosas”; “Os Inocentes”; “Ídolo de Pano”; “A Viagem “; “O Julgamento”; “O Profeta” e “Como Salvar Meu Casamento”, que foi a última novela da TV Tupi.

Elaine Cristina foi então para a Bandeirantes onde fez “A Deusa Vencida” e “O Campeão”; em seguida para a TV Cultura onde esteve em “As Cinco Panelas de Ouro” e “Iaiá Garcia”.

Na TV Globo ela fez “O Outro”, “Obrigado Doutor” e “Sinhá Moça” e na Rede Manchete fez o remake de “Antonio Maria”; “Kananga do Japão” e o grande sucesso “Pantanal”.

No SBT ela atuou em “Anjo Maldito”; “Antonio Alves, Taxista”; “O Direito de Nascer” (remake), em 2001 e depois esteve em “Revelação”  e “Vende-se um Véu de Noiva” (2009).

Foi casada por muito anos com o ator Flávio Galvão com quem teve um filho, e mais recentemente participou da novela “Chiquititas” no SBT.

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais