PRÓ-TV


EDYR DE CASTRO


Edyr de Castro nasceu no Rio de Janeiro em 02 de setembro de 1946.

Em 1976, juntamente com as suas amigas Leiloca, Sandra Pera, Lidoka, Regina Chaves e Dhu Moraes fundou o conjunto musical As Frenéticas, idealizado pelo produtor musical e jornalista Nelson Motta.

Em divertidos discos lançados pela Warner, As Frenéticas deram nova roupagem a clássicos de Lamartine Babo e Braguinha e popularizaram mais ainda os repertórios de Rita Lee, Raul Seixas e Gonzaguinha.

Também atriz, ela foi dirigida por Ademar Guerra no Teatro no espetáculo musical “Hair”e por Helvecio Ratton no Cinema, no filme infantil “Menino Maluquinho – o Filme” em 1995, e depois atuou também em”Proibido Proibir” de 2006 e “5 x Favela – Agora por nós Mesmos” em 2010.

Edyr de Castro, que por alguns anos como atriz assinava Edy Duque, trabalhou na TV Globo, onde atuou nas novelas “Escrava Isaura”; “Roque Santeiro”; “Cambalacho”; “Livre Para Voar”; “Bebê a Bordo”; “Pacto de Sangue”; “Por Amor”; “Agora é que são Elas” e “Cabocla”.

Fez programas humorísticos com Chico Anysio e em 2007 se transferiu para a TV Record, atuando nas novelas “Amor e Intrigas” e “Poder Paralelo”, esta última em 2009.

A atriz e cantora foi casada com o cantor e compositor Zé Rodrix com quem teve um filho, e em 2016 descobriu que sofria de Alzheimer. Foi morar então no Retiro dos Artistas e faleceu lá , aos 72 anos, em 15 de janeiro de 2019.

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais