PRÓ-TV


EDUARDO GUDIN


Eduardo Gudin nasceu em São Paulo, em 14 de outubro de 1950.

Começou a carreira aos 16 anos, em 1966, quando foi convidado pela cantora Elis Regina para se apresentar no extinto programa “O Fino da Bossa”, musical da TV Record de São Paulo.

Participou dos Festivais de Música da TV Record  em 1968 e 1969, no primeiro com a composição  “Choro do Amor Vivido“, defendida pelo grupo Os Três Morais, e em 1969 conquistou o terceiro lugar com a música “Gostei de Ver“, interpretada pela cantora Márcia o grupo Originais do Samba.

O primeiro disco individual viria em 1970, só com músicas em parceria com Paulo César Pinheiro, uma parceria que duraria várias décadas.

Em 1975, lançou o LP e participou do show “O Importante é que Nossa Emoção Sobreviva”, com ele, a cantora Márcia e Paulo César Pinheiro no Teatro Oficina, em São Paulo.

Foi um dos idealizadores do Festival Universitário da TV Cultura, em 1979 e concorreu no “Festival dos Festivais” da TV Globo, em 1985, conquistando o terceiro lugar com a música “Verde”, interpretada por Leila Pinheiro.

Um dos mais criativos compositores de sua geração, já gravou 18 discos solos e era um dos musicos prediletos do critico musical e escritor Zuza Homem de Mello.

Como compositor, sua rica obra ja soma cerca de quatrocentas  gravações registradas em discos ou CDs por privilegiadas vozes como Marcia, Fatima Guedes, Arrigo Barnabé, Vânia Bastos, Leila Pinheiro e Adoniram Barbosa.

Eduardo Gudin, além das várias composições que fez com Paulo César Pinheiro, foi parceiro musical também de Hermínio Belo de Carvalho, Paulo Vanzolini, Elton Medeiros, Aldir Blanc, Cacaso, Mauricio Tapajós e Paulinho Nogueira.

Em 1994, produziu o álbum “Beth Carvalho Canta o Samba de São Paulo”,  que recebeu o Prêmio Sharp de Melhor Disco de Samba. Foi casado com a cantora Vânia Bastos.

 

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais