PRÓ-TV


EDUARDO ABBAS


Eduardo Abbas nasceu em São José do Rio Preto/ SP, no dia 25 de maio de 1928. Descendente de árabes, bem moreno e simpático, ele trabalhou nas Emissoras Associadas de Rádio e Televisão. Na TV Tupi apareceu nso teleteatros da emissora e nas novelas “Klauss, o Loiro”, “A Gata”, “Ana Maria, Meu Amor”, “Calúnia”, “Os Inocentes, “Ídolo de Pano”, “O Velho”, “O Menino e o Burro”, “Ovelha Negra”, “Um Dia, o Amor”, “Xeque-Mate” e “O Julgamento”.

Intercalou seus trabalhos na Tupi com outros realizados na TV Cultura, onde fez “As Professorinhas”, “Amor de Perdição”, “O Tirano”, “O Moço Loiro”, e bem mais tarde; “Vento do Mar Aberto’ e “O Fiel e a Pedra”.

Na TV Excelsior atuou em “Legião dos Esquecidos”, “A Pequena Órfã”. Na TV Record esteve em “Pingo de Gente”, “Sol Amarelo” e “O Leopardo”. Na TV Bandeirantes fez: “Cavalo Amarelo” e “Chapadão do Bugre”. No SBT integrou o elenco de “Jerônimo”. E na TV Globo participou do trabalho genial dirigido por Walter Avancini “Grande Sertão: Veredas”.

Como se vê, Eduardo Abbas esteve em todas as emissoras, pois seu tipo físico, apesar da origem árabe, era bem brasileiro. E também por ser ele um grande profissional.

Alem da tv Abbas trabalhou em vários filmes, entre eles o clássico “Lampião, o Rei do Cangaço”.

Ele faleceu no dia 16 de março de 1992.

por Vida Alves

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais