PRÓ-TV


DONGA


O músico, compositor e violinista Ernesto Joaquim Maria dos Santos nasceu no Rio de Janeiro em 05 de abril de 1890.

Muito jovem, já participava das Festas de Samba na Praça Onze  da Cidade Maravilhosa. Influenciado pelo ambiente musical, com 14 anos aprendeu a tocar cavaquinho, violão, e banjo, além de dançar partido alto.

Em 1916, entra para a história da Musica Popular Brasileira, ao registrar o primeiro samba na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, intitulado “Pelo Telefone”, que depois ganhou contribuição do jornalista Mauro de Almeida na composição.

Em 1922, Pixinguinha monta o grupo Os Oito Batutas onde Donga tocava violão. Com suas marchas rancho, chorinhos e sambas, conquistam público e crítica, mudando o nome depois para Os Batutas.

Ele também participou da Orquestra Típica Pixinguinha Donga e do Grupo da Velha Guarda e dos Diabos do Céu. Mestre Donga teve suas músicas gravadas por Carmen Miranda, Francisco Alves, Pixinguinha, Silvio Caldas e até Marília Pêra.

Em 1932 se casou com a cantora Zaira Cavalcanti, com quem teve uma filha, Lígia. Dois anos depois ficou viúvo. Ele se aposentou como oficial de justiça e já estava quase cego.

Donda faleceu na Casa dos Artistas, no Rio de Janeiro, em 25 de agosto de 1974, tendo sido sepultado no Cemitério São João Batista, na mesma cidade.

 

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais