PRÓ-TV


DÉA SELVA


Déa Selva, cujo verdadeiro nome era Jandyra Berard Cazarré, nasceu em Quipapá, Pernambuco, em 18 de maio de 1917.

Foi uma atriz de teatro e cinema de grande destaque nas décadas de 1930 e 1940, e é lembrada principalmente por sua atuação no filme “Ganga Bruta” de Humberto Mauro.

Casada com o ator gaúcho Darcy Cazarré, fez teatro com mestres como Procópio Ferreira, Heloisa Helena, Jayme Costa, Alda Garrido, Dercy Gonçalves, Rodolfo Arena, Pepa Ruiz e Delorges Caminha, mas foi no cinema que mais se destacou ao se tornar estrela da companhia Cinédia de  Adhemar Gonzaga

Radioatriz da Radio Nacional Carioca, estrelou a peça “A Bruxa” no palco do Teatro Serrador do Rio de Janeiro, escrita por seu amigo e teatrólogo e conterrâneo Nestor de Hollanda em 1953. Seu último filme foi “Depois Eu Conto” de José Carlos Burle e Watson Macedo.

Mãe dos atores Older Cazarré e Olney Cazarré, ambos já falecidos, e do pintor Olmer Cazarré, em 1958 ela encarnou a cientista Madame Curie no programa “O Eterno Feminino”, idealizado pelo mestre Ruggero Jacobbi, na TV Paulista canal 5 de São Paulo. 

Déa Selva faleceu em 1993, aos 76 anos de idade.

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais