PRÓ-TV


BEZERRA DA SILVA


O nome completo do cantor Bezerra da Silva é José Bezerra da Silva. Ele é conhecido como: “Embaixador dos Morros e Favelas”. Nasceu em 23 de fevereiro de 1927, em Recife, capital de Pernambuco. Além de cantor, Bezerra da Silva também é músico, pois toca violão. É também compositor e percussionista, dos gênero coco e partido alto. Ele é considerado um expoente do samba partido alto.

Quando menino, Bezerra da Silva chegou a criar atrito com a família,pois não o queriam ligado ao samba. O pai era da Marinha Mercante , mas saiu de casa, quando Bezerra ainda era pequeno. E foi morar no Rio de Janeiro. Quando maior,o filho foi atrás do pai, causando ainda mais atrito. Bezerra quis entrar para a Marinha Mercante. Conseguiu, mas acabou por ser expulso. Tudo causava mais atrito entre pai e filho. E este foi morar sozinho no Morro do Cantagalo. Conseguiu emprego de pintor, em construção civil, mas ao mesmo tempo foi ser instrumentista de percussão e entrou num bloco carnavalesco. Depois foi levado por um dos componentes, para a Rádio Clube do Brasil, em 1950. Sua vida foi complicada. Chegou a viver como mendigo, nas ruas de Copacabana. Tentou suicídio e foi salvo por um santo da umbanda. A partir daí, começou a compor, a trabalhar com regularidade, se tornou cantor e em 1969 gravou um compacto e o primeiro LP , seis anos depois.

Em 1976, gravou: ” O Rei do Coco”. Em 1977, gravou: ” Partido Alto Nota 10″, quando começou a atingir o público. Gravava samba dos amigos, que até usavam pseudônimos, quando faziam parceria com ele. E Bezerra criou o estilo que foi cognominado: ” Sambandido” ou ” Gangsta Samba”, precursor do “Gangsta Rap Norte Americano”.Era o samba da ” malandragem’ Em suas músicas mostrava a realidade brasileira, a vida nos morros. Bezerra da Silva gravou inúmeros discos, até 2005, sendo até difícil citar os melhores, pois todos fizeram sucesso. Citemos; “Malandragem Dá Um Tempo”, ” Sequestraram Minha Sogra”,” Defunto Caguete”,” Bicho Feroz”, “Overdose de Cocada”, ” Malandro Não Vacila”, ” Meu Pirão Primeiro”, ” Lugar Macabro”, “Piranha”, ” Pai Velho 171″, ” Candidato Caô, Caô”,” Malandro É Malando, Mané É Mané”, “Caminhoda Luz” (Este disco ele o fez, ao entrar para a Igreja Universal do Reino de Deus”, ” Três Malandros in Concert” ( Este disco ele fez, para parodiar os: ” Três Tenores in Concert”, ao lado de Moreira da Silva e Dicró) e fez muitíssimos outros trabalhos.

Bezerra da Silva morreu dia 17 de janeiro de 2005, aos 77 anos, depois de sofrer uma parada cardíaca. Seu corpo foi velado no Teatro João Caetano, no Rio de Janeiro. E o enterro foi no Cemitério do Caju. Muitos amigos foram se despedir daquele a que chamavam: O REI DO SAMBA!

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais