Museu da TV, Rádio & Cinema


ANTONIO FONZAR


Antonio Guerino Fonzar nasceu no dia 1 de março de 1959 em Ribeirão Preto/SP. Formado em arte dramática, ele despontou na TV quando venceu o concurso “O Homem mais Bonito do Brasil”, promovido pelo “Programa Silvio Santos”, nos anos 70.

Atuou durante muitos anos como jurado do “Show de Calouros”, de Sílvio Santos. Em 1978 Fonzar foi chamado pela antiga TVS, depois SBT, para estrelar uma novela chamada “Solar Paraíso”, exibida basicamente na emissora carioca. Em 1983, ele participou da novela “Campeão”, na Bandeirantes.

Em 1978 foi convidado para viver o novo “Vigilante Rodoviário”, numa série dirigida por Ary Fernandes, o “vigilante original”. Mas o projeto não foi adiante e apenas o piloto chegou ao público, como um longa metragem.

No cinema, Fonzar trabalhou também nos filmes “Pecado Horizontal” (1982), “Os Insaciados” (1981), “A Volta de Jerônimo” (1981) e “Boneca Cobiçada” (1980).

Em 1987 atuou na peça “Alegres Vagabundos”.

Ainda nos anos 80 Antonio Fonzar abandonou a carreira de ator e modelo para se dedicar à corretagem imobiliária. E desde 1992, dedica-se exclusivamente à pintura, usando os nomes artísticos Pedro Terra ou Angueff.

 

Em 09-07-2017 / M.A.Z.

 

 
Apoio
ABCD Nossa Casa
ABCcom
ABERT
ABTU
ACESP
Apodec
Centro Universitário Belas Artes
Coleção Marcelo Del Cima
Comunique-se
Grupo Observatório
Gugu Vive
Kantar Ibope Media
O Fuxico
Radioficina
RITU
SET
Sindicato dos Radialistas de São Paulo
Toda Tela
TUB
Universidade Anhembi Morumbi
APJ
UBI
Vela – Escola de Comunicação
 

Siga-nos nas Redes Sociais