PRÓ-TV

O menino que conversava com o seu pé de laranja lima na TV Tupi



Quando o escritor José Mauro de Vasconcelos (1920-1984) lançou em 1968 o livro “O Meu Pé de Laranja Lima”, ele não imaginava que em tão pouco tempo a sua obra se transformaria em um best seller e ganharia adaptações para o cinema e a televisão.

Foi na TV Tupi, em uma feliz adaptação da consagrada Ivani Ribeiro (1916-1995), sob a direção certeira de Carlos Zara (1930-2002), que a história de Zezé, um menino pobre e muito arteiro, e com quem ninguém possuía muita paciência e, que por isso mesmo, tinha como confidente um pé de laranja lima que existia no quintal da sua casa, e que conquista a amizade de um solitário e rico português, o seu Manuel Valadares.

O horário escolhido para lançar a novela foi o das 18h30, acertadamente, e a Tupi conquistou altos índices, vencendo quase que diariamente a TV Globo, que já a ameaçava terrivelmente em outros horários de novelas. A história, ainda muito fresca na memória dos pequenos e dos adultos pelo enorme sucesso que o livro havia conseguido dois anos antes, conquistou os telespectadores rapidamente na bela e singela adaptação de Ivani Ribeiro.

A estréia foi em 23 de novembro de 1970 e o sucesso só acabou em 30 de agosto de 1971, em uma das mais bem sucedidas adaptações de uma livro para a nossa televisão. A escolha do elenco também contribuiu para todo esse sucesso, desde a “descoberta” de Haroldo Botta, que já havia feito a novela “As Bruxas” na mesma emissora e que aqui deu um “banho” com o seu Zezé, papel que marcou definitivamente a sua carreira.

Outros desempenhos marcantes da novela ficaram com Eva Wilma como a irmã mais velha de Zezé, a Jandira; Gianfrancesco Guarnieri como o mascate Ariovaldo; Cláudio Correa e Castro como o portuga Manuel Valadares; Nicette Bruno como a professora Cecília e Bete Mendes como a irmã sofredora Godóia.

O elenco, uma atração à parte, reunia grandes nomes da nossa teledramaturgia e além dos já citados contava também com Carlos Zara, Silvio Rocha, Lélia Abramo, Annamaria Dias, Edgard Franco, Analu Gracci, Douglas Mazzola, Yvan Mesquita, Fausto Rocha Junior, Dirce Militello, Denis Carvalho, Abrahão Farc, João José Pompeo, Jacyra Sampaio, Henrique Martins, Ruthinea de Moraes, Geny Prado, Régis Monteiro, Luiz Carlos de Moraes, Vera Nunes, Cosme dos Santos, Silvia Leblon, Renato Máster e Genésio de Almeida Junior.

Um grande sucesso que viria ainda a ser adaptado mais duas vezes pela televisão nas décadas de 1980 e de 1990.

Rodolfo Bonventti

 
Band
CNT
Cultura
Gazeta
Globo
Record TV
RedeTV
SBT
TV Brasil
 

Siga-nos nas Redes Sociais